sicnot

Perfil

País

Operação da GNR deteta 876 condutores em excesso de velocidade

Miguel Pereira da Silva / LUSA

A GNR detetou 876 condutores em excesso de velocidade durante a operação "Mercúrio" que decorreu na quarta-feira em Portugal continental, com incidência no interior, disse hoje à Lusa fonte da cooperação.

Fonte da GNR avançou hoje que foram inspecionados 40.206 veículos durante a operação que decorreu em todo o país nas vias onde as infrações por excesso de velocidade são mais frequentes, nomeadamente nas autoestradas e estradas situados no interior das localidades.

A GNR incidiu a sua operação na zona interior de Portugal continental.

Na operação, os militares utilizaram todos os equipamentos de controlo de velocidade, sejam móveis ou fixos.

A GNR avançou que este ano foram multados 107.305 condutores por excesso de velocidade, menos 20 por cento do que em igual período do ano passado, quando se tinham registado 130.298 infrações.

Segundo aquela corporação, dos 5,6 milhões de condutores controlados este ano, 107.305 circulavam em excesso de velocidade.

Aveiro (14.236), Leiria (13.169) e Lisboa (12.215) foram os distritos com mais condutores multados este ano por excesso de velocidade, avançam dados daquela força de segurança.

A GNR refere ainda que tem intensificado as ações de controlo ao excesso de velocidade, uma vez que é uma das principais causas da sinistralidade rodoviária grave em Portugal, juntamente com a condução sob a influência do álcool e da não utilização dos sistemas de retenção.

Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07