sicnot

Perfil

País

Quase 2.500 operacionais combatem 78 incêndios no país

FILIPE FARINHA

Quase 2.500 bombeiros combatiam, às 21:00, 78 incêndios em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional da Proteção Civil, que destaca na sua página dois fogos, nomeadamente em Monchique e em Esposende.

Em Monchique, no distrito de Faro, 603 operacionais, apoiados por 195 meios terrestres, combatem um incêndio, que se reativou na quarta-feira à tarde, depois de ter sido dado como extinto no domingo, e que permanece com três frentes ativas.

O comandante distrital de operações de socorro de Faro, Vítor Vaz Pinto, perspetivou hoje que a "noite não será amiga dos bombeiros" no combate ao incêndio florestal em Monchique, que já chegou ao município de Portimão.

Em Esposende, no distrito de Braga, um fogo, com início às 15:32 na localidade de Monte de São Lourenço, permanece com três frentes ativas e está a ser combatido por 94 operacionais, apoiados por 35 meios terrestres.

Dos 78 incêndios, que existiam às 21:00, 19 registavam-se no distrito de Braga, 13 no Porto e 11 em Braga.

No total, 2.381 operacionais, apoiados por 769 meios terrestres, participam no combate aos fogos.

Lusa

  • Vídeo amador mostra coluna de fumo perto de Portimão
    1:11

    País

    O incêndio em Montes de Cima foi dos que mais preocupou e está ainda a preocupar os bombeiros da zona de Portimão. Surgem agora algumas imagens, partilhadas nas redes sociais.O vídeo mostra a dimensão das chamas, o céu totalmente negro e uma enorme coluna de fumo, com as chamas bem perto das habitações.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Erdogan apela ao reconhecimento de Jerusalém Oriental como capital
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28