sicnot

Perfil

País

Quase 2.500 operacionais combatem 78 incêndios no país

FILIPE FARINHA

Quase 2.500 bombeiros combatiam, às 21:00, 78 incêndios em Portugal continental, segundo a Autoridade Nacional da Proteção Civil, que destaca na sua página dois fogos, nomeadamente em Monchique e em Esposende.

Em Monchique, no distrito de Faro, 603 operacionais, apoiados por 195 meios terrestres, combatem um incêndio, que se reativou na quarta-feira à tarde, depois de ter sido dado como extinto no domingo, e que permanece com três frentes ativas.

O comandante distrital de operações de socorro de Faro, Vítor Vaz Pinto, perspetivou hoje que a "noite não será amiga dos bombeiros" no combate ao incêndio florestal em Monchique, que já chegou ao município de Portimão.

Em Esposende, no distrito de Braga, um fogo, com início às 15:32 na localidade de Monte de São Lourenço, permanece com três frentes ativas e está a ser combatido por 94 operacionais, apoiados por 35 meios terrestres.

Dos 78 incêndios, que existiam às 21:00, 19 registavam-se no distrito de Braga, 13 no Porto e 11 em Braga.

No total, 2.381 operacionais, apoiados por 769 meios terrestres, participam no combate aos fogos.

Lusa

  • Vídeo amador mostra coluna de fumo perto de Portimão
    1:11

    País

    O incêndio em Montes de Cima foi dos que mais preocupou e está ainda a preocupar os bombeiros da zona de Portimão. Surgem agora algumas imagens, partilhadas nas redes sociais.O vídeo mostra a dimensão das chamas, o céu totalmente negro e uma enorme coluna de fumo, com as chamas bem perto das habitações.

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19