sicnot

Perfil

País

214 detidos por condução sob o efeito de álcool na última semana

Miguel Pereira da Silva / LUSA

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, na última semana, 380 pessoas em flagrante delito, incluindo 214 por condução sob o efeito do álcool, 35 por tráfico de droga e 12 por posse ilegal de arma, foi hoje divulgado.

Segundo a GNR, na atividade operacional de fiscalização rodoviária e prevenção e combate à criminalidade, entre os dias 2 e 8, foram ainda detidas 54 pessoas por condução sem habilitação legal e três por furto.

Durante a operação, a GNR apreendeu também 1229 doses de haxixe, 544 doses de cocaína, 350 plantas de cannabis, 108 doses de heroína, 50 selos de LSD, 11 veículos, sete armas de fogo, nove armas brancas, 6.772 euros em numerário e 2.900 quilos de bivalves.

Em matéria de trânsito, foram detetadas 9.581 infrações, repartidas por 2.661 excessos de velocidade, 528 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 442 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 408 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 364 por falta de inspeção periódica obrigatória, 174 relacionadas com tacógrafos e149 por falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.