sicnot

Perfil

País

Fogo de Silves dominado, Monchique e Vila Pouca de Aguiar preocupam

O incêndio que deflagrou em Silves na noite de quinta-feira foi hoje dado como dominado, estando pelas 07:15 dois fogos a lavrar com intensidade e a preocupar as autoridades, em Monchique e em Vila Pouca de Aguiar.

Fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) adiantou hoje à Lusa que o incêndio de Silves, que deflagrou às 21:20 de quinta-feira e obrigou ao desvio de alguns meios do de Monchique, foi dado como dominado pelas 06:30.

Quanto aos restantes incêndios que lavram no país e denominados como "ocorrências importantes" pela Proteção Civil tanto de Monchique, distrito de Faro, como o de Vila Pouca de Aguiar, distrito de Vila Real, possuem pelas 07:15 duas frentes ativas e são ambos "preocupantes" para as autoridades.

Esta madrugada uma das três frentes do incêndio que lavra em Monchique foi dominada e outra estava controlada em 60%, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

A terceira frente ativa na localidade de Fóia lavrava a oeste e "não tem acesso a veículos de combate", indicou fonte do posto de comando de operações.

Pelas 07:15 estavam no local 603 operacionais, apoiados por 195 veículos.

Já o incêndio de Vila Pouca de Aguiar, Vila Real, é também uma reativação do fogo que teve início pelas 10:48 de segunda-feira, foi dado como extinto uma primeira vez na tarde de terça-feira e dado como dominado na quinta-feira pelas 10:57.

O incêndio florestal, que começou em Soutelinho do Mezio, freguesia de Telões, na segunda-feira, reativou-se possuindo agora duas frentes ativas.

No local estão 197 operacionais, apoiados por 58 meios terrestres.

Às 07:15, a página da internet da ANPC contabilizava 30 incêndios rurais ativos em todo o país, que mobilizam 1.334 operacionais e 454 meios terreste, sendo o distrito de Faro aquele que mobiliza mais bombeiros, 529, nas três ocorrências em destaque na página da Autoridade Nacional de Proteção Civll.

No distrito de Vila Real, aquele em que mais fogos estão ativos, com cinco ocorrências, estão mobilizados 227 operacionais, apoiados por 84 meios terrestres.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:28

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, aumentando de nebulosidade no litoral norte e centro a partir do meio da tarde, vento fraco a moderado predominando de noroeste, soprando moderado a forte com rajadas até 60 quilómetros por hora, no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas das regiões centro e sul, em especial durante a tarde.

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual, onde aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.