sicnot

Perfil

País

Jerónimo de Sousa defende "medidas excecionais" para a Madeira

HOMEM DE GOUVEIA

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse esta sexta-feira, no Funchal, que são necessárias "medidas excecionais" para reconstruir as áreas afetadas pelos incêndios do princípio de agosto, e defendeu que o processo deve envolver o Governo da República.

"O orçamento regional tem, naturalmente, de dar resposta, mas temos a consciência que não pode dar a resposta toda", afirmou, realçando que o Governo da República deve assumir o "princípio da coesão, da unidade nacional e da solidariedade", de modo a contemplar verbas para a reconstrução no Orçamento do Estado para 2017.

Jerónimo de Sousa falava aos jornalistas após uma visita às zonas afetadas pelos incêndios no concelho do Funchal, onde ardeu 22% da área do município.

"Verificámos que os estragos são muitos", disse o dirigente comunista, salientando que a visita à região também teve uma "dimensão solidária", de apoio a população, particularmente nas zonas altas do município, onde a envergadura da tragédia é mais visível.

Jerónimo de Sousa alertou para o perigo que representam as encostas e escarpas sem vegetação, agora que se aproxima o inverno, numa zona de orografia bastante acidentada.

"Sabemos que algo está a ser feito, mas aquilo que vimos demonstra o muito que há para fazer, particularmente no plano das medidas mais emergentes", advertiu, lembrando a importância de evitar que medidas provisórias se transformem em definitivas.

Segundo o secretário-geral do PCP, o Orçamento do Estado para 2017 é um "momento importante" para se concretizarem apoios eficazes, já que "adiar para o dia de 'São Nunca' à tarde não resulta".

Jerónimo de Sousa manifestou-se, por outro lado, preocupado com o facto de não ter sido ainda desbloqueada qualquer ajuda por parte da União Europeia.

"Imediatamente após os incêndios, nós colocámos na União Europeia duas perguntas muito concretas em relação a fundos disponíveis para acudir a estas situações e a inexistência de qualquer resposta não constitui um bom sinal", alertou.

O dirigente comunista prometeu, no entanto, insistir, tendo em conta que a situação é "excecional" e, por isso, são precisas medidas excecionais.

"Da parte do PCP, na Assembleia da República, na Assembleia Regional, no Parlamento Europeu, poderemos dar o contributo máximo que esteja dentro das nossas possibilidades, para impedir que a catástrofe se repita e se agrave", afirmou.

Os incêndios da segunda semana de agosto afetaram sobretudo o concelho do Funchal, onde morreram três pessoas, mas também os municípios da Calheta, Ponta do Sol e Santa Cruz, sobretudo ao nível florestal. No total, os prejuízos foram avaliados em 157 milhões de euros.

Lusa

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.