sicnot

Perfil

País

Marcelo quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos

Marcelo quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos

Morreu o segundo militar dos comandos internado há uma semana. O hospital Curry Cabral chegou a conseguir um fígado para o transplante, mas Dylan Silva não estava estabilizado para o poder receber e acabou por morrer este sábado de manhã. O Presidente da República já fez saber que quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos.

  • Segunda morte nos Comandos devido a golpe de calor
    2:29

    País

    Morreu o militar dos comandos que estava internado no hospital Curry Cabral, em Lisboa devido a um golpe de calor. O estado de saúde de Dylan da Silva agravou-se e não pôde receber o transplante de fígado de que precisava para sobreviver. O ministro da Defesa já lamentou a morte do militar, Azeredo Lopes diz que é imperativo dar continuidade ao inquérito para apurar as causas das mortes no curso de Comandos.

  • Ministro da Defesa não comenta possível fim dos Comandos
    1:08

    País

    O ministro da Defesa diz que não quer alimentar especulações sobre as investigações em curso por causa das mortes no curso de Comandos. Azeredo Lopes não comentou a notícia do jornal Expresso que diz que o Governo admite extinguir os Comandos. O ministro diz que o Governo não está a equacionar nada e considerou a notícia macabra e de mau gosto.

  • Marcelo garante que vai ser apurado tudo o que se passou nos Comandos
    1:00

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse que não está em causa a extinção dos Comandos mas realça a importância do inquérito por causa do prestígio das Forças Armadas para o país. Relativamente à morte de Dylan da Silva, o Presidente da República prometeu que vai ser apurado tudo o que se passou para tirar lições para o futuro.

  • Marcelo apoia decisão de abrir inquérito à morte de militar em treino
    2:16

    País

    O Presidente da República apoia a decisão de abrir um inquérito e de suspender os cursos dos comandos, enquanto não se apurar o que aconteceu com o militar que morreu durante um treino. Marcelo Rebelo de Sousa visitou esta tarde os dois militares que continuam internados no Hospital das Forças Armadas. O Presidente defende que não se podem fazer juízos prematuros e considera que o caso não desprestigia as Forças Armadas.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Buscas no Benfica? "A Justiça está a funcionar"
    0:18

    Desporto

    Bruno de Carvalho reagiu esta quinta-feira às buscas efetuadas no Benfica. À saída de uma audiência no Ministério da Educação, o presidente do Sporting abordou o tema para dizer que é sinal de que a justiça está a funcionar.

  • Este foi provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC