sicnot

Perfil

País

Marcelo quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos

Marcelo quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos

Morreu o segundo militar dos comandos internado há uma semana. O hospital Curry Cabral chegou a conseguir um fígado para o transplante, mas Dylan Silva não estava estabilizado para o poder receber e acabou por morrer este sábado de manhã. O Presidente da República já fez saber que quer "tudo apurado até às últimas consequências" na morte dos comandos.

  • Segunda morte nos Comandos devido a golpe de calor
    2:29

    País

    Morreu o militar dos comandos que estava internado no hospital Curry Cabral, em Lisboa devido a um golpe de calor. O estado de saúde de Dylan da Silva agravou-se e não pôde receber o transplante de fígado de que precisava para sobreviver. O ministro da Defesa já lamentou a morte do militar, Azeredo Lopes diz que é imperativo dar continuidade ao inquérito para apurar as causas das mortes no curso de Comandos.

  • Ministro da Defesa não comenta possível fim dos Comandos
    1:08

    País

    O ministro da Defesa diz que não quer alimentar especulações sobre as investigações em curso por causa das mortes no curso de Comandos. Azeredo Lopes não comentou a notícia do jornal Expresso que diz que o Governo admite extinguir os Comandos. O ministro diz que o Governo não está a equacionar nada e considerou a notícia macabra e de mau gosto.

  • Marcelo garante que vai ser apurado tudo o que se passou nos Comandos
    1:00

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse que não está em causa a extinção dos Comandos mas realça a importância do inquérito por causa do prestígio das Forças Armadas para o país. Relativamente à morte de Dylan da Silva, o Presidente da República prometeu que vai ser apurado tudo o que se passou para tirar lições para o futuro.

  • Marcelo apoia decisão de abrir inquérito à morte de militar em treino
    2:16

    País

    O Presidente da República apoia a decisão de abrir um inquérito e de suspender os cursos dos comandos, enquanto não se apurar o que aconteceu com o militar que morreu durante um treino. Marcelo Rebelo de Sousa visitou esta tarde os dois militares que continuam internados no Hospital das Forças Armadas. O Presidente defende que não se podem fazer juízos prematuros e considera que o caso não desprestigia as Forças Armadas.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.