sicnot

Perfil

País

Segunda morte nos Comandos devido a golpe de calor

Segunda morte nos Comandos devido a golpe de calor

Morreu o militar dos comandos que estava internado no hospital Curry Cabral, em Lisboa devido a um golpe de calor. O estado de saúde de Dylan da Silva agravou-se e não pôde receber o transplante de fígado de que precisava para sobreviver. O ministro da Defesa já lamentou a morte do militar, Azeredo Lopes diz que é imperativo dar continuidade ao inquérito para apurar as causas das mortes no curso de Comandos.

  • Marcelo garante que vai ser apurado tudo o que se passou nos Comandos
    1:00

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse que não está em causa a extinção dos Comandos mas realça a importância do inquérito por causa do prestígio das Forças Armadas para o país. Relativamente à morte de Dylan da Silva, o Presidente da República prometeu que vai ser apurado tudo o que se passou para tirar lições para o futuro.

  • Ministro da Defesa lamenta morte de Dylan da Silva
    1:24

    País

    O ministro da Defesa já lamentou a morte do militar do curso de Comandos Dylan da Silva. Azeredo Lopes diz que é tempo de recolhimento e que, do ponto de vista político, é imperativo dar continuidade ao inquérito para apurar as causas das duas mortes no curso de comandos.

  • Governo admite extingir Comandos

    País

    O governo admite extinguir os Comandos, à semelhança do que aconteceu em 1993. De acordo com o jornal Expresso, o ministro da Defesa admite intervir depois da conclusão das duas investigações em curso à morte de um militar durante os treinos.

  • Ministro da Defesa não comenta possível fim dos Comandos
    1:08

    País

    O ministro da Defesa diz que não quer alimentar especulações sobre as investigações em curso por causa das mortes no curso de Comandos. Azeredo Lopes não comentou a notícia do jornal Expresso que diz que o Governo admite extinguir os Comandos. O ministro diz que o Governo não está a equacionar nada e considerou a notícia macabra e de mau gosto.

  • Morreu Dylan da Silva, militar dos Comandos

    País

    O segundo militar dos comandos que estava internado no hospital em estado muito grave morreu hoje, depois de problemas ocorridos durante o 127.º curso de comandos do exército, disse hoje o ministro da Defesa. O militar em causa é Dylan Araújo da Silva que encontrava-se internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, desde o dia 06 de setembro, devido a complicações hepáticas.

  • Mais de 1600 ações de fiscalizações a IPSS em dois anos
    1:05

    Expresso da Meia Noite

    Nos últimos dois anos, o Estado efetuou mais de 1600 ações de fiscalização a Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS) das quais resultaram mais de 70 destituições e 80 participações ao Ministério Público (MP). Os números foram avançados pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, no programa Expresso da Meia-noite, na SIC Notícias.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23
  • Ilhas Selvagens são um tesouro no Atlântico que é preciso preservar
    2:33