sicnot

Perfil

País

Ferro Rodrigues lamenta morte de Domingues de Azevedo

O Presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, lamentou hoje o falecimento do bastonário da Ordem dos Contabilistas Certificados, Domingues Azevedo, um "amigo do parlamento".

"Faleceu Domingues Azevedo, antigo deputado, alma da Ordem dos Contabilistas Certificados, alguém que sempre se bateu pela justiça fiscal. O parlamento perde um amigo. À família, amigos e aos membros da Ordem, expresso a minha solidariedade e as minhas sentidas condolências", diz nota de pesar de Ferro Rodrigues enviada à agência Lusa.

António Domingues de Azevedo tinha 66 anos e faleceu em Famalicão, onde nasceu e vivia, "vítima de doença prolongada", de acordo com nota da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Domingues Azevedo liderava há 20 anos os destinos da entidade que regula a profissão de técnicos oficiais de contas, agora designados de contabilistas certificados, e foi o primeiro bastonário da instituição.

Foi ainda deputado pelo Partido Socialista (PS) na Assembleia da República entre 1983 e 1995 e autor do projeto-lei que regulamentou a profissão de Técnico Oficial de Contas.

A concelhia de Vila Nova de Famalicão do PS, em comunicado, considerou Domingues de Azevedo "um grande homem e um grande socialista", acrescentando que vai deixar "saudades e um legado inegável no nosso concelho e no nosso país."

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".