sicnot

Perfil

País

Avelino Ferreira Torres assume candidatura em Amarante com ou sem CDS

O antigo presidente da Câmara de Marco de Canaveses, Avelino Ferreira Torres, disse esta segunda-feira à Lusa que vai ser candidato em Amarante em 2017, mas ainda não decidiu se o faria pelo CDS ou à frente de uma lista independente.

"Vou decidir dentro de dias. Quer de uma maneira, quer de outra sou candidato", comentou, enquanto afirmava ter "muitos apoios" já assegurados naquele concelho.

"Sou assediado todos os dias para ser candidato em Amarante", vincou.

Avelino Ferreira Torres, atualmente com 70 anos, é natural de Rebordelo, uma freguesia de Amarante.

À Lusa, o ex-autarca afirmou hoje que já ultrapassou os problemas de saúde que o apoquentaram nos últimos anos e que agora está pronto para avançar, de novo, para a candidatura à presidência da Câmara de Amarante.

"A idade não perdoa. Estou na fase do ou sim ou sopas", afirmou.

Torres presidiu à autarquia vizinha de Marco de Canaveses entre 1983 e 2005, eleito em listas do CDS, ano em que deixou o cargo para se candidatar, como independente, à Câmara de Amarante, a sua terra natal. No intenso combate que então travou, à frente do movimento "Amar Amarante", com o presidente socialista Armindo Abreu e o social-democrata Luís Ramos, acabou por sair derrotado (27,6%), apesar de ter contribuído para o PS, com 41,9%, ter perdido a maioria absoluta.

Questionado hoje pela Lusa sobre se será possível uma candidatura pelo CDS em Amarante, partido do qual é militante, admitiu esse cenário, mas disse que ainda não estabeleceu contactos com a estrutura local dos democrata-cristãos.

A propósito do seu partido de sempre, afirmou: "Uma coisa é ter um candidato ganhador, outra é ter um candidato para ser eleito vereador".

Torres referia-se ao facto de o CDS de Amarante poder ter a ambição de em 2017 eleger um vereador, no contexto da coligação que mantém com o PSD, a mesma que em 2013 permitiu conquistar a câmara ao PS, embora sem maioria absoluta.

Sobre o que o motiva nesta recandidatura a Amarante, recordou a sua ligação à terra onde nasceu e o facto de se achar capaz de fazer coisas no concelho que já deveriam ter sido realizadas há décadas.

Preferindo não avançar com situações concretas, alegando que "o segredo é a alma de negócio", Torres lamentou, não obstante, que Amarante tenha perdido a importância de outrora, nomeadamente em relação à cidade vizinha de Vila Real.

À Lusa, prometeu que a sua candidatura só vai ser apresentada formalmente na primavera de 2017.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.