sicnot

Perfil

País

Jovem detido em estádio de Coimbra após deflagrar engenho pirotécnico

Um jovem de 21 anos foi detido por ter deflagrado um engenho pirotécnico proibido no Estádio Universitário de Coimbra, anunciou a PSP em comunicado, esta segunda-feira.

A detenção verificou-se no domingo, ao fim da tarde, enquanto decorria um jogo de futebol entre a Académica (Secção de Futebol da Associação Académica de Coimbra, AAC) e o Grupo Desportivo da Gafanha da Nazaré, freguesia do concelho de Ílhavo, no distrito de Aveiro, onde o detido reside.

Elementos da polícia avistaram o suspeito, "que nas bancadas manietava um artigo pirotécnico em deflagração, libertando um fumo azul e que, quando se apercebeu estar a ser vigiado, o atirou para o chão", refere o Comando Distrital de Coimbra da PSP.

"Este artigo pirotécnico, apesar de ser comummente utilizado para fins de sinalização e salvamento, é proibido nas circunstâncias em causa, uma vez que a sua deflagração gera um grande perigo para as pessoas que o rodeiam, podendo provocar lesões graves e por conter substâncias tóxicas", adianta.

O jovem foi depois detido pelos agentes, que apreenderam o invólucro do engenho proibido.

Na mesma nota, a PSP informa que deteve no sábado, no Bairro da Rosa, um homem de 27 anos, residente na cidade, "pelo crime de injúrias e ameaças a agentes de autoridade".

"A detenção surge durante uma ação de fiscalização rodoviária durante a qual, sem que nada o fizesse prever, o indivíduo interpelou os agentes policiais, injuriando-os e ameaçando-os", sublinha.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.