sicnot

Perfil

País

PSD tem condições para "apresentar candidatura ganhadora a Lisboa"

O líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, excluiu-se hoje de qualquer disputa eleitoral autárquica, mas considerou que o partido tem condições para apresentar "uma candidatura ganhadora a Lisboa", dizendo que Assunção Cristas representa "a candidatura do CDS".

No dia em que arrancam as jornadas parlamentares do PSD, em Coimbra, Luís Montenegro desdramatizou, em declarações aos jornalistas, o anúncio da candidatura da líder do CDS-PP, Assunção Cristas, à Câmara Municipal de Lisboa.

"Não há drama nenhum na candidatura da dr.ª Assunção Cristas, agora temos de ter noção de uma coisa - é a estratégia e a candidatura do CDS", sublinhou, acrescentando que os democratas-cristãos não são os adversários autárquicos do PSD.

Questionado se admite protagonizar ele próprio uma candidatura a Lisboa ou ao Porto, depois de ter sido autarca em Espinho, Montenegro excluiu essa possibilidade, dizendo ter encerrado em 2013 uma experiência autárquica de 20 anos.

"Neste momento não tenho nenhuma intenção - e portanto isso não irá acontecer - de retomar a minha vida autárquica. No PSD, temos de procurar bons protagonistas mas eu neste caso estou concentrado no meu trabalho parlamentar (...). Há muitos quadros no PSD com mais disponibilidade e mais capacidade", referiu.

O líder parlamentar do PSD recordou que o partido já aprovou um calendário interno com vista à apresentação dos candidatos às autárquicas, que se disputarão no outono do próximo ano, e que passa por fechar este processo até ao primeiro trimestre de 2017.

"Dentro do calendário que já aprovámos, creio que temos todas as condições para apresentar uma candidatura ganhadora a Lisboa e eu diria que Lisboa precisa muito disso", referiu, apontando a capital portuguesa como "uma cidade desorganizada e caótica do ponto de vista do trânsito".

"Só quem não anda em Lisboa é que pode estar tranquilo relativamente ao que tem sido a política municipal", referiu, dizendo que "o PSD como principal partido de oposição precisa e tem condições de apresentar uma candidatura forte".

O líder parlamentar social-democrata recusou-se a apontar nomes de candidatos autárquicos para as duas principais cidades do país, mas considerou que o partido tem "boas personalidades" para esses dois combates e que nenhum deles está decidido à partida.

"Nenhuma dessas eleições está decidida - Lisboa manifestamente está muito carenciada de uma outra liderança política, o Porto tem um enquadramento diferente porque o presidente da Câmara [Rui Moreira] emanou de uma candidatura independente", disse, mas realçando que, "no Porto, muitas vezes tem ganhado as eleições aquele candidato que à partida não é o favorito".

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17