sicnot

Perfil

País

Aviso amarelo para quase todos os distritos do continente

Catorze distritos de Portugal continental estão hoje sob Aviso Amarelo devido à previsão de chuva, que será por vezes forte e acompanhada de trovoada, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o Instituto, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja e Faro vão estar sob 'Aviso amarelo' devido à chuva até às 09:00 de hoje.

O 'Aviso Amarelo' é o terceiro mais grave de uma escala de quatro e significa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê hoje nas regiões do norte e centro céu muito nublado ou encoberto, com abertas a partir do meio da manhã, períodos de chuva, por vezes forte, passando a partir da manhã, a regime de aguaceiros que poderão ser de granizo, condições favoráveis à ocorrência de trovoada.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente moderado a forte e por vezes com rajadas até 60/70 quilómetros por hora no litoral e nas terras altas, rodando para noroeste a partir do início da manhã, pequena descida da temperatura mínima nas regiões montanhosas e descida da temperatura máxima, que será acentuada no interior.

Na região sul a previsão aponta para céu muito nublado ou encoberto, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da meio da manhã, períodos de chuva, por vezes forte, passando a partir da manhã, a regime de aguaceiros, em geral fracos e pouco frequentes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada até meio da manhã.

O Instituto prevê também vento fraco a moderado do quadrante sul, soprando temporariamente moderado a forte e por vezes com rajadas até 60/70 quilómetros por hora no litoral e nas terras altas, rodando para noroeste a partir do início da manhã e descida da temperatura máxima, que será acentuada no interior.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 19 e 22 graus Celsius, no Porto entre 16 e 20, em Vila Real entre 12 e 18, em Viseu entre 17 e 13, em Bragança entre 12 e 18, na Guarda entre 13 e 14, em Castelo Branco entre 16 e 20, em Coimbra entre 17 e 20, em Santarém entre 17 e 23, em Évora entre 15 e 22, em Beja entre 16 e 23 e em Faro entre 19 e 25.

Lusa

  • Proteção Civil alerta para cheias e queda de árvores

    País

    A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou esta segunda-feira para a possibilidade de cheias rápidas em zonas urbanas e inundações em locais vulneráveis e possibilidade de quedas de árvores, face às previsões meteorológicas para terça-feira.

  • O tempo para hoje
    0:26

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê hoje nas regiões do norte e centro céu muito nublado ou encoberto, com abertas a partir do meio da manhã, períodos de chuva, por vezes forte, passando a partir da manhã, a regime de aguaceiros que poderão ser de granizo, condições favoráveis à ocorrência de trovoada.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.