sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê hoje nas regiões do norte e centro céu muito nublado ou encoberto, com abertas a partir do meio da manhã, períodos de chuva, por vezes forte, passando a partir da manhã, a regime de aguaceiros que poderão ser de granizo, condições favoráveis à ocorrência de trovoada.

Na região sul a previsão aponta para céu muito nublado ou encoberto, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da meio da manhã, períodos de chuva, por vezes forte, passando a partir da manhã, a regime de aguaceiros, em geral fracos e pouco frequentes, condições favoráveis à ocorrência de trovoada até meio da manhã.

Na Madeira, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, apresentando-se muito nublado até ao início da tarde, períodos de chuva, que poderá ser pontualmente forte, passando a regime de aguaceiros nas vertentes norte e nas zonas montanhosas a partir da tarde.

Para os Açores prevê-se períodos de céu muito nublado com abertas, tornando-se encoberto para o final do dia, chuva fraca a partir da noite e vento fraco tornando-se moderado a fresco com rajadas até 50 quilómetros por hora de sul.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 19 e 22 graus Celsius, no Porto entre 16 e 20, em Vila Real entre 12 e 18, em Viseu entre 17 e 13, em Bragança entre 12 e 18, na Guarda entre 13 e 14, em Castelo Branco entre 16 e 20, em Coimbra entre 17 e 20, em Santarém entre 17 e 23, em Évora entre 15 e 22, em Beja entre 16 e 23, em Faro entre 19 e 25, no Funchal entre 22 e 26, em Ponta Delgada e na Horta entre 17 e 24 e em Santa Cruz das Flores entre 16 e 24.

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52