sicnot

Perfil

País

Aquecimento global e consequências da ação do homem no planeta

Aquecimento global e consequências da ação do homem no planeta

A NASA confirmou hoje que julho e agosto foram os meses mais quentes do ano a nível global desde há 136 anos. O professor de Meteorologia Faculdade de Ciências de Lisboa, Pedro Miranda, faz um balanço do aquecimento global e das consequências da ação do homem no planeta.

  • Calor. Vento e águas mais quentes, porquê?
    5:48

    País

    Este verão tem sido particularmente quente. A temperatura da água alcançou o valor mais alto dos últimos 16 anos. A vaga de calor deve-se em parte à predominância de ventos de leste. O climatologista, Carlos da Câmara, explica porque razões o vento e as águas estão mais quentes este ano.

  • Agosto teve duas ondas de calor
    6:38

    País

    Pedro Viterbo do Instituto Português do Mar e da Atmosfera esteve na SIC Notícias, onde falou sobre as temperaturas, que vão aumentar nos próximos dias. Segundo Pedro Viterbo, em agosto sentiu-se duas ondas de calor no país: uma no início do mês e a outra no final. Em comparação com os outros anos, agosto foi um mês "extremamente quente", igual a agosto de 2003 e a julho deste ano. Estas temperaturas mostram que o aquecimento global "faz sentido".

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.