sicnot

Perfil

País

PJ arresta 260 mil euros a funcionário da CM de Montalegre

A Polícia Judiciária arrestou bens no valor de 260 mil euros a um funcionário da Câmara de Montalegre, suspeito de receber luvas para facilitar o licenciamento de obras.

Trata-se de um técnico superior, acusado do crime de corrupção que começará a ser julgado no início de outubro.

Os investigadores concluiram que os bens, agora arrestados, poderão ser fruto dos lucros obtidos com o crime. No total são quatro imóveis, entre casas e terrenos agrícolas, contas bancárias e ações.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.