sicnot

Perfil

País

PCP recusa aumentos na subvenção dos partidos

O PCP esclareceu esta quinta-feira que caso a atualização do Indexante dos Apoios Sociais leve ao aumento da subvenção partidária proporá que tal não se concretize e reiterou que não deverá existir reversão do corte no financiamento público aos partidos.

Num comunicado do gabinete de imprensa do PCP, os comunistas defendem que "não corresponde à verdade que a atualização do IAS [Indexante dos Apoios Sociais] conduza necessariamente ao aumento da subvenção aos partidos políticos".

Pois, refere o PCP, nos termos da Lei 64-A/2008 só haverá aumento da subvenção no momento em que o IAS ultrapasse o valor do Salário Mínimo Nacional fixado para o ano de 2008 (426 euros).

"Na hipótese de uma atualização do IAS para 2017 que ultrapasse aquele valor, o PCP proporá que não haja aumento da subvenção", prometem os comunistas.

O PCP adianta ainda que, tal como propôs em 2010, o partido mantém o entendimento que os montantes da subvenção dos partidos devem ser reduzidos.

Desta forma, acrescentam os comunistas, "não se justifica qualquer reversão do corte de 10% no financiamento público aos partidos".

Na edição de hoje, o Diário de Notícias (DN) escreve que o aumento do IAS previsto para o Orçamento do Estado para 2017 vai obrigar à atualização das subvenções para os partidos - a não ser que a proposta para as contas do próximo ano trave essa possibilidade, inscrevendo uma exceção a esse aumento.

Segundo o DN, o Governo remeteu qualquer esclarecimento sobre esta matéria para quando apresentar o Orçamento do Estado para 2017.

De acordo com o número 1 do artigo 5.º da Lei do Financiamento dos Partidos Políticos e das Campanhas Eleitorais, "a cada partido que haja concorrido a ato eleitoral, ainda que em coligação, e que obtenha representação na Assembleia da República é concedida (...) uma subvenção anual, desde que a requeira ao Presidente da Assembleia da República".

"A subvenção consiste numa quantia em dinheiro equivalente à fração 1/135 do valor do IAS, por cada voto obtido na mais recente eleição de deputados à Assembleia da República", refere o número 2 do mesmo artigo da Lei do Financiamento dos Partidos Políticos e das Campanhas Eleitorais.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.