sicnot

Perfil

País

Alunos da Chamusca recebem manuais gratuitos

Alunos da Chamusca recebem manuais gratuitos

A Câmara Municipal da Chamusca ofereceu livros escolares a todos os alunos do primeiro ao 12º ano. Uma medida para tentar combater a desertificação do concelho.

  • PCP defende manuais gratuitos para todo o 1º ciclo
    0:33

    País

    O PCP defende o alargamento dos manuais escolares gratuitos para todos os alunos do primeiro ciclo do ensino básico. O partido diz que a medida representa um aumento marginal no orçamento do Ministério da Educação e acredita ser um investimento fundamental para combater o insucesso escolar.

  • Vidigueira oferece manuais escolares até ao 10º ano
    2:35

    País

    Pelo país inteiro, várias câmaras decidiram oferecer os manuais escolares e livros de fichas aos alunos. Na Vidigueira, em Beja, por exemplo, os estudantes até ao 10º ano são apoiados. Os alunos mais velhos devolvem os livros no final do ano letivo para serem reutilizados.

  • Gaia vai oferecer manuais escolares ao 3º ciclo
    2:24

    País

    No próximo ano letivo, a Câmara de Gaia vai oferecer os livros de português e matemática aos alunos do 3º ciclo. O apoio da autarquia custa 1,5 milhões de euros e inclui também licenças da Escola Virtual para alunos e professores do 1º ciclo. Esta é uma medida de ajuda às famílias carenciadas da região, que vão conseguir poupar em média cerca de 70 euros a cada família.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.