sicnot

Perfil

País

"Os Verdes" exigem encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz

O partido ecologista "Os Verdes" (PEV) exigiu esta sexta-feira o encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz depois da revelação feita sobre o uso de peças produzidas numa fábrica com irregularidades nos dossiês de controlo de qualidade.

"Os Verdes exigem o encerramento desta central nuclear [Almaraz] face a todos os elementos de insegurança que já se conhecia, acrescendo agora esta revelação do Conselho de Segurança Nuclear de Espanha", referem os ambientalistas, em comunicado enviado à agência Lusa.

O Conselho de Segurança Nuclear (CSN) espanhol revelou, num comunicado divulgado na quinta-feira, que a central nuclear de Almaraz, junto à fronteira portuguesa, usa peças produzidas numa fábrica com irregularidades nos dossiês de controlo de qualidade, mas garantiu que não constituem motivo para as retirar de funcionamento.

As peças provenientes da forja com irregularidades foram usadas para fabricar os geradores de vapor 2 e 3 da unidade 1 e o gerador de vapor 3 da unidade 2 da central nuclear de Almaraz, bem como os geradores de vapor 1 e 2 da unidade 1 e o gerador de vapor 1 da unidade 2 da central nuclear de Ascó. Também está em causa o rebordo da tampa do reator da unidade 2 de Almaraz.

O PEV reafirma que a central nuclear espanhola de Almaraz, situada a escassos 100 quilómetros da fronteira portuguesa, junto ao Tejo, "constitui um perigo iminente para as populações, para o território e para os recursos naturais tão fundamentais como é o rio Tejo".

"Os portugueses devem mobilizar-se com os espanhóis no sentido de exigirem aquilo que é fundamental: O encerramento da central nuclear de Almaraz", concluem.

Lusa

  • Madonna diz que América nunca desceu tão baixo
    2:12

    Mundo

    No mundo artístico, foram várias as vozes que se levantaram contra Trump, entre elas Madonna. A cantora disse esta quinta-feira em Nova Iorque, a propósito do dia da tomada de posse, que nunca a América desceu tão baixo. Já o ator Matthew McConaughey - que está em Londres - garantiu que não ia perder a cerimónia pela televisão.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Videoclipe mostra mulheres a fazer tudo o que é proibido na Arábia Saudita
    1:55

    Mundo

    Um grupo de mulheres canta, dança e faz outras coisas proibidas na Arábia Saudita como forma de protesto. O vídeo é uma crítica social à forma como as mulheres islâmicas são tratadas pelos maridos. Na letra constam frases como "Faz com que os homens desapareçam da terra" e "Eles provocam-nos doenças psicológicas". A ideia partiu de um homem, Majed al-Esa e já conta com 5 milhões de visualizações.

    Patrícia Almeida