sicnot

Perfil

País

"Os Verdes" exigem encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz

O partido ecologista "Os Verdes" (PEV) exigiu esta sexta-feira o encerramento da central nuclear espanhola de Almaraz depois da revelação feita sobre o uso de peças produzidas numa fábrica com irregularidades nos dossiês de controlo de qualidade.

"Os Verdes exigem o encerramento desta central nuclear [Almaraz] face a todos os elementos de insegurança que já se conhecia, acrescendo agora esta revelação do Conselho de Segurança Nuclear de Espanha", referem os ambientalistas, em comunicado enviado à agência Lusa.

O Conselho de Segurança Nuclear (CSN) espanhol revelou, num comunicado divulgado na quinta-feira, que a central nuclear de Almaraz, junto à fronteira portuguesa, usa peças produzidas numa fábrica com irregularidades nos dossiês de controlo de qualidade, mas garantiu que não constituem motivo para as retirar de funcionamento.

As peças provenientes da forja com irregularidades foram usadas para fabricar os geradores de vapor 2 e 3 da unidade 1 e o gerador de vapor 3 da unidade 2 da central nuclear de Almaraz, bem como os geradores de vapor 1 e 2 da unidade 1 e o gerador de vapor 1 da unidade 2 da central nuclear de Ascó. Também está em causa o rebordo da tampa do reator da unidade 2 de Almaraz.

O PEV reafirma que a central nuclear espanhola de Almaraz, situada a escassos 100 quilómetros da fronteira portuguesa, junto ao Tejo, "constitui um perigo iminente para as populações, para o território e para os recursos naturais tão fundamentais como é o rio Tejo".

"Os portugueses devem mobilizar-se com os espanhóis no sentido de exigirem aquilo que é fundamental: O encerramento da central nuclear de Almaraz", concluem.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.