sicnot

Perfil

País

PS considera normal convite de mulheres socialistas a Sócrates

​O dirigente nacional do PS Porfírio Silva considerou hoje "perfeitamente normal" a participação do ex-primeiro-ministro José Sócrates, na sexta-feira, numa iniciativa do Departamento Federativo das Mulheres Socialistas (DFMS) de Lisboa.

Em declarações à agência Lusa, o deputado e membro da Comissão Permanente do PS realçou que José Sócrates vai abordar "um tema interessante que estudou" enquanto esteve em França.

Em 2013, o ex-líder do PS concluiu o mestrado em Ciência Política no Institut d'Etudes Politiques de Paris.

"Acho isso perfeitamente normal e irei se puder", adiantou Porfírio Silva, à margem de uma visita de parlamentares e dirigentes do PS à Lousã, no distrito de Coimbra, para assinalar a abertura do ano escolar e o início da sessão legislativa.

O coordenador do PS na Comissão Parlamentar de Educação e Ciência frisou que Sócrates "irá falar de matérias de política internacional", tendo recusado interpretar a iniciativa como um regresso "oficial" do ex-primeiro-ministro às atividades partidárias.

Principal arguido na "Operação Marquês", José Sócrates vai falar sobre "Política externa e globalização" como convidado da "Universidade de Verão", promovida pelo DFMS da Federação da Área Urbana de Lisboa (FAUL), na sexta-feira e no sábado.

A presidente do DFMS, Susana Amador, que integrou a visita de deputados do PS à Lousã, escusou-se a fazer declarações sobre o convite feito a José Sócrates pelo departamento federativo.

O ex-primeiro-ministro vai estar presente pela primeira vez num evento institucional do PS, desde 2014, ao intervir na iniciativa do Departamento Federativo das Mulheres da FAUL, confirmou à Lusa fonte partidária.

A notícia da participação Sócrates na "Universidade de Verão" do DFMS foi inicialmente publicada pela edição de hoje do jornal i, que recorda que o ex-primeiro-ministro tem estado afastado dos "grandes momentos" promovidos pelas estruturas do PS desde que foi constituído arguido da "Operação Marquês", em 2014.

A conferência de José Sócrates vai decorrer logo após a sessão de abertura, em que, de acordo com o programa, vão também estar presentes Duarte Cordeiro (presidente da Concelhia de Lisboa) e Diogo Leão (deputado e presidente da JS da (FAUL).

No sábado, participam no ciclo de conferências Alexandre Quintanilha (investigador e deputado do PS) e Vieira da Silva (ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social).

Para o mesmo dia, entre outras participações, está agendada uma conferência pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes.

No encerramento usarão da palavra Susana Amador, Elza Pais (presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas), Fernando Medina (presidente da Câmara de Lisboa) e Ana Catarina Mendes (secretária-geral adjunta do PS).

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.