sicnot

Perfil

País

Abortos por opção da mulher atingem número mais baixo desde 2008

As interrupções de gravidez por opção da mulher continuaram a diminuir em 2015, que registou o número mais baixo desde 2008, mostram dados oficiais da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O aborto por opção da mulher até às dez semanas representa a esmagadora maioria (96,5%) de todas as interrupções de gravidez feitas no ano passado.

O relatório com os registos de interrupção da gravidez está disponibilizado no micro site "Saúde Sexual e Reprodutiva" da Direção-Geral da Saúde e os dados foram avançados esta terça-feira pelo Jornal de Notícias.

Quanto ao aborto por opção da mulher, diminuiu 1,9% entre 2014 e 2015, tendo sido feitas 15.873 interrupções por decisão da grávida.

Trata-se do número mais baixo desde 2008, primeiro ano completo desde que entrou em vigor a lei que despenalizou o aborto até 10 semanas de gravidez.

Entre 2008 e 2011 houve uma tendência de subida das interrupções, que começaram a descer a partir de 2012, com um decréscimo acentuado de 6,6% nesse ano. Também de 2013 para 2014 se verificou outra descida significativa, de 8,7%.

Em relação aos dados do ano passado, o relatório mostra que metade das mulheres que abortaram por opção referiram ter um ou dois filhos, sendo que 42,3% ainda não era mãe, dados semelhantes aos verificados em anos anteriores.

Quanto a interrupções de gravidez anteriores, 70% das mulheres que decidiram abortar em 2015 nunca tinha realizado qualquer outro aborto, 21% já tinham feito uma intervenção, quase 6% tinha feito duas e 2,5% já tinham realizado três ou mais.

O documento da DGS exibe ainda que mais de sete em cada 10 abortos foram feitos em unidades oficias do Serviço Nacional de Saúde.

Lusa

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • Capacetes Brancos agradecem Óscar para filme sobre a guerra na Síria
    1:34

    Óscares 2017

    O Óscar para melhor documentário curto foi atribuído a um filme sobre a guerra na Síria. "The White Helmets" retrata o trabalho dos Capacetes Brancos, uma equipa de voluntários que ajuda no salvamento e resgate de habitantes sírios atingidos pelo conflito no país. O Fundador dos Capacetes Brancos já veio fazer um agradecimento público pela atribuição deste galardão. Raed Saleh diz que é uma motivação para os voluntários que todos os dias arriscam a vida para salvar outras pessoas.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16