sicnot

Perfil

País

"Marcelo nunca viria aqui para fazer campanha eleitoral"

"Marcelo nunca viria aqui para fazer campanha eleitoral"

Bernardo Ferrão está em Nova Iorque a acompanhar a Assembleia-geral das Nações Unidas, onde Marcelo Rebelo de Sousa discursou e deixou uma mensagem de apoio a António Guterres. Segundo Bernardo Ferrão, Marcelo puxou os exemplos de Mandela e Gandhi para exemplificar as qualidades que o futuro secretário-geral da ONU deve ter.

O enviado da SIC diz também que o Presidente da República nunca mencionou o nome de Guterres, uma vez que poderia ser prejudicial para o ex-primeiro-ministro, e que Marcelo nunca fazia campanha eleitoral a Guterres num discurso daquele tipo.

Afirma ainda que o que se pretende é que Guterres seja "mais visto como um cidadão do mundo"

  • Marcelo quer secretário-geral da ONU na linha de Gandhi e Mandela
    1:05

    País

    O Presidente da República deixou na Assembleia-geral das Nações Unidas uma mensagem de apoio à candidatura de António Guterres. Sem referir o nome do ex-primeiro-ministro, Marcelo fez votos para que o perfil do próximo secretário-geral seja de alguém conciliador e com capacidade de liderança, na linha de Gandhi e Mandela. Esta foi a primeira vez enquanto chefe de Estado de Portugal, que Marcelo se dirigiu a esta assembleia em Nova Iorque.

  • Protestos e violência no Rio de Janeiro
    1:08
  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36
  • Cogumelos alucinogénios entre as drogas mais seguras

    Mundo

    Os cogumelos alucinogénios são considerados uma das drogas mais seguras, quando consumidos para fins recreativos. A conclusão é avançada no Global Drug Survey, um estudo anual divulgado esta quarta-feira sobre os hábitos de consumo de drogas de quase 120 mil pessoas em 50 países.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.