sicnot

Perfil

País

Presidente da República diz que candidatura de António Guterres fez tudo certo

Enviados SIC

Presidente da República diz que candidatura de António Guterres fez tudo certo

Marcelo Rebelo de Sousa diz que até agora a candidatura de António Guterres fez tudo certo. Contudo, não ignora que o agravamento de alguns conflitos, como o da Síria, pode complicar a eleição. Esta quarta-feira, o Presidente da República surpreendeu ao fazer uma caminhada pelas ruas de Nova Iorque. No passeio, comprou um livro, olhou para os discos de vinil e falou do reencontro com Guterres.

  • Marcelo aproveita discurso na ONU para dar impulso à candidatura de Guterres
    2:54

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa discursou na Assembleia-geral das Nações Unidas. Entre paz e refugiados, o Presidente da República aproveitou o discurso para dar um impulso à candidatura de António Guterres a secretário-geral da ONU. Marcelo defendeu que o novo secretário-geral deve ser "um congregador de espíritos e de vontades", na linha de Gandhi e Mandela.

  • Marcelo quer secretário-geral da ONU na linha de Gandhi e Mandela
    1:05

    País

    O Presidente da República deixou na Assembleia-geral das Nações Unidas uma mensagem de apoio à candidatura de António Guterres. Sem referir o nome do ex-primeiro-ministro, Marcelo fez votos para que o perfil do próximo secretário-geral seja de alguém conciliador e com capacidade de liderança, na linha de Gandhi e Mandela. Esta foi a primeira vez enquanto chefe de Estado de Portugal, que Marcelo se dirigiu a esta assembleia em Nova Iorque.

  • Marcelo confiante na eleição de Guterres na ONU
    2:20

    País

    O Presidente da República está muito confiante na eleição de António Guterres para secretário-geral das Nações Unidas. Marcelo diz que Guterres já está muito próximo da meta. O Presidente deixou ainda um apelo aos países amigos de Portugal para que não deixem de apoiar o antigo primeiro-ministro. O chefe de Estado cumpre hoje o segundo dia de vista a Nova Iorque, onde se estreia na Assembleia Geral da ONU, como nos conta Bernardo Ferrão.

  • "Os outros animais não vivem no mundo moral como nós"
    3:51

    País

    A presidente da associação ANIMAL, Rita Silva, tem a seu cargo o cão que, em 2013, ficou conhecido por ter estado envolvido na morte duma criança de 18 meses, em Beja. Segundo a ativista, vão continuar a acontecer episódios trágicos se a fiscalização não for reforçada e se os próprios donos não tiverem consciência da responsabilidade que implica ter um animal.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55