sicnot

Perfil

País

Presidente do Instituto Português de Sangue demite-se por razões pessoais

O presidente do Instituto Português do Sangue e da Transplantação demitiu-se. Hélder Trindade invocou razões pessoais para justificar a saída.

O médico de 62 anos e especialista em transplantação presidia o Instituto desde 2011. Hélder Trindade foi contestado pelo Bloco de Esquerda no ano passado, quando afirmou que só admitiria dadores de sangue gays que fossem abstinentes.

A saída ocorre agora, apenas dois dias depois da Direção Geral de Saúde ter autorizado a dádiva de sangue sob determinadas condições por parte de homossexuais e bissexuais.

O PSD já disse que admite pedir explicações ao ministro da Saúde sobre a demissão de Hélder Trindade do Instituto Português do Sangue.