sicnot

Perfil

País

Inquérito revela que clientes da Uber estão muito satisfeitos com serviço

Um inquérito do ISCTE, esta quinta-feira divulgado, apurou um elevado grau de satisfação entre os clientes da Uber com o serviço recebido, o que se traduziu na recomendação desta alternativa de transporte a amigos.

Segundo o comunicado de divulgação do estudo, o inquérito incidiu sobre uma amostra de 900 pessoas (600 não utilizadores do serviço e 300 utilizadores), com idades entre 25 e 44 anos, tendo o trabalho de campo sido realizado em agosto último.

Pedro Fontes Falcão, coordenador da investigação e docente da ISCTE Business School, realçou, no comunicado, que "as avaliações (dos clientes da Uber) são fortemente positivas, na vertente da qualidade de serviço, orientação para o cliente, experiência emocional e vínculo afetivo, bem como fidelização à marca".

Das conclusões da investigação, realizada pelo centro de empreendedorismo do ISCTE, designado Audax, foi destacada a razão que motivou os utilizadores a usar a Uber pela primeira vez, a saber, "a perceção de boa qualidade de serviço", apontada por 99%.

Entre os que repetiram a utilização deste serviço, o conforto, destacado por 99%, e a segurança de condução do motorista, mencionada por 96%, foram as explicações mais salientes.

Não é assim de admirar que 96% dos utilizadores concordem com a continuação da operação desta plataforma de transporte em Portugal, onde está disponível em Lisboa, Porto e Algarve.

A Uber, que chegou a Portugal em 2014, tem suscitado fortes reações negativas dos taxistas.

As organizações representativas do setor do táxi anunciaram uma concentração em Lisboa, a 10 de outubro, para contestar a atividade de plataformas como a Uber e a Cabify (que permitem pedir carros de transporte de passageiros, com uma aplicação para 'smartphones' que liga quem se quer deslocar a operadores de transporte), por considerarem que funcionam de forma ilegal.

O presidente da Federação Portuguesa do Táxi (FPT) espera reunir seis mil veículos no protesto. "Só estamos a pedir uma coisa: o governo tem que fazer cumprir a lei", afirmou Carlos Ramos, em declarações à imprensa, no dia 17.

Insistindo na consideração de ilegalidade destas plataformas, Carlos Ramos insistiu: "Não podem circular na cidade de Lisboa. Têm que ser apreendidos. Se o Governo não o fizer, nós temos que os fazer parar e queremos fazê-lo de forma pacífica, mas se acontecer alguma coisa, responsabilizamos o Governo".

Lusa

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.