sicnot

Perfil

País

PSD, PAN, CDS e BE pelo fim do IVA nas terapêuticas não convencionais

© Kim Hong-Ji / Reuters

Quatro projetos de lei do PSD, PAN, CDS e BE com vista à isenção do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) na prestação de serviços no exercício das terapêuticas não convencionais vão ser debatidos sexta-fera em sessão plenária.

O PSD pretende que, "ao exercício das terapêuticas não convencionais" seja "aplicável um regime tributário em sede de IVA que seja neutral e não discrimine em função de o ato ou serviço ser praticado por médico, no âmbito das competências reconhecidas pela respetiva Ordem, ou por profissional das terapêuticas não convencionais que exerça a sua atividade ao abrigo da presente lei e da respetiva regulamentação".

O projeto de lei especifica que, para efeitos de aplicação da presente lei, "são reconhecidas como terapêuticas não convencionais as praticadas pela acupunctura, homeopatia, osteopatia, naturopatia, fitoterapia, quiropraxia e medicina tradicional chinesa".

Para o PAN (Pessoas, Animais, Natureza), "a atividade dos profissionais das terapêuticas não convencionais (...) não pode ter um tratamento fiscal distinto ao concedido ao exercício da prestação de cuidados médicos convencionais".

O projeto de lei deste partido "enquadra as terapêuticas não convencionais na Lei de Bases da Saúde".

A iniciativa do CDS vai no sentido de alterar o Código do IVA, "com o intuito de isentar as prestações de serviços efetuadas no exercício das profissões no âmbito das terapêuticas não convencionais".

Recordando que as terapêuticas não convencionais "não estão isentas do pagamento de IVA", o CDS propõe o fim destas "situações de injustiça social e de discriminação entre profissões devidamente regulamentadas" e defende que estas profissões sejam isentas do pagamento de IVA.

O projeto de lei do BE começa por recordar que "os profissionais das terapêuticas não convencionais são, evidentemente, profissionais de saúde".

"Exercem funções relacionadas com a saúde dos seus utentes, a sua carteira profissional é emitida pela Administração Central dos Sistemas de Saúde (ACSS), a sua formação é na área da saúde, são atividades reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS)", prossegue este partido, na sua exposição de motivos.

O BE propõe que sejam isentas de cobrança de IVA "as prestações de serviços efetuadas pelos profissionais de terapêuticas não convencionais reconhecidas" na legislação.

Na sessão plenária de sexta-feira será ainda debatido um projeto de resolução do CDS que "recomenda ao Governo que assegure a nulidade da interpretação feita pela Autoridade Tributária relativamente à cobrança retroativa do IVA às prestações de serviços das Terapêuticas Não Convencionais".

Isto porque, em agosto de 2015, a Autoridade Tributária elaborou uma "interpretação errada" que "levou a cobrar o IVA aos profissionais das terapêuticas não convencionais, com retroatividade de quatro anos".

No entanto, já este ano e a propósito de um pedido da Associação Portuguesa dos Profissionais de Acupuntura, a Autoridade da Concorrência emitiu uma recomendação ao governo no sentido de isentar de IVA a prestação de serviços de acupunctura pelos profissionais das terapêuticas não convencionais" regulamentadas pela legislação, "equiparando estes profissionais a outras profissões paramédicas".

Lusa

  • "Afinal, o diabo não chegou em setembro"

    Economia

    Catarina Martins considera que os dados da Execução Orçamental mostram uma redução grande do défice e que são a prova de que "afinal o diabo não chegou em setembro". Os dados foram analisados da Esquerda à Direita e, se por um lado, a Direita não ficou convencida, a Esquerda considera que o Governo está no rumo certo.

  • Passos diz que o Governo quer isentar o PS da desgraça dos últimos anos

    Economia

    Passos Coelho não acredita que o País consiga um défice inferior a 2,5%. No dia em que esteve em Castelo Branco e Santarém, o líder da oposição acusou o Governo de ser responsável pelo fraco investimento e voltou a comparar a governação de António Costa à de José Sócrates. Passos acusou ainda o PS de querer reescrever a história para se isentar do que aconteceu nos últimos anos.

  • 43 anos na cadeira de rodas por diagnóstico errado
  • Rei saudita corta salários a ministros em 20%

    Mundo

    O Governo do rei saudita, Salman, decidiu esta seguda-feira reduzir os salários dos seus ministros em 20% e cortou benefícios a outros agentes estatais, continuando uma política de austeridade em resposta à decida do preço do petróleo.

  • Obama e Anthony Bourdain numa tasca no Vietname
  • Paris vai abrir o primeiro parque nudista

    Mundo

    A Câmara de Paris aprovou esta segunda-feira um plano para criar um parque exclusivo para nudistas na capital francesa. De acordo com a lei em França, os franceses podem pagar uma multa até 15 mil euros ou arriscar um ano de prisão se forem apanhados nus em público.

  • Desconforto entre Ronaldo e Zidane?
  • Responda às Perguntas da Semana
    Tempo Extra

    Tempo Extra

    3ª FEIRA 23:00

    A liderança do Benfica no campeonato, as derrotas do Sporting de Jorge Jesus, e a qualidade do plantel do FC Porto são alguns dos temas das perguntas desta semana. Participe no Tempo Extra e responda às questões lançadas por Rui Santos.