sicnot

Perfil

País

Presidente do IPST nega que demissão se deva a orientação sobre dádivas por homossexuais

O presidente do Instituto Português do Sangue e Transplantação (IPST) negou hoje que o seu pedido de demissão se deva à orientação para a dádiva de sangue por homossexuais masculinos, alegando razões "pessoais e familiares" para a sua saída.

"Apresentei razões pessoais e familiares para pedir a minha substituição no cargo, e aguardo, conforme acordado com o senhor Ministro da Saúde, que este considere o momento oportuno para a minha substituição", afirmou em comunicado Helder Trindade.

Com este esclarecimento, o presidente demissionário do IPST pretende "evitar conexões abusivas e ofensivas sobre um ato" do seu exclusivo foro pessoal.

Segundo Helder Trindade, o seu pedido de demissão "ocorreu algum tempo antes da autorização da DGS para a dádiva de sangue por homossexuais masculinos, pelo que nada tem a ver com essa matéria".

"Repudia-se por isso qualquer associação entre a demissão e o referido documento da Direção Geral da Saúde (DGS), por ser mentira e por ser, no limite, desajustado", adiantou.

Para Helder Trindade, essa nunca seria uma razão para terminar a sua missão no IPST.

"Sou um médico que pertence ao mapa de pessoal da instituição e, como presidente do IPST, todo o trabalho que desenvolvi durante o meu mandato foi no sentido de pugnar pelo melhor cumprimento da missão do IPST", adiantou.

Lusa

  • Miró em Serralves até 28 de janeiro
  • Os Lá de Dentro
  • Furacão Matthew ameaça Colômbia, Cuba e Jamaica

    Mundo

    O furacão "Matthew" evoluiu esta sexta-feira para a categoria 4, ao avançar pela zona central das Caraíbas, ameaçando a Colômbia, Cuba e Jamaica, informou o centro nacional de furacões (NHC) dos Estados Unidos.

  • Caixas negras do comboio de Nova Jérsia recuperadas dos destroços

    Mundo

    As caixas negras do comboio que provocou um acidente em Nova Jérsia, esta quinta-feira, foram recuperadas dos destroços. A análise deste sistema e das imagens das câmaras de vigilância será decisiva para confirmar, ou não, as hipóteses de falha técnica, excesso de velocidade ou terrorismo.

  • O "contrabandista de brinquedos" que leva sorrisos às crianças sírias

    Mundo

    Nos últimos quatro anos, um sírio-finlandês tem-se dedicado a levar sorrisos às crianças sírias. Este "herói" já cruzou a fronteira entre a Turquia e Síria 28 vezes, todas a pé, com 70 quilos de brinquedos. O percurso demora cerca de 16 horas. Aos 44 anos, Rami Adham é conhecido como o "contrabandista de brinquedos". Garante que o faz para ver as crianças sorrir.

  • Doze pessoas ficam presas num carrossel nos EUA

    Mundo

    Doze pessoas ficaram presas durante duas horas depois de um carrossel ter avariado numa feira em Massachussets, nos Estados Unidos. O incidente aconteceu esta quinta-feira e, segundo as autoridades locais, não houve registo de feridos. Os bombeiros resgataram todas as pessoas (a maioria crianças) com recurso a uma escada.

  • Chita volta a dar à luz seis crias

    Mundo

    Seis crias de chita nasceram esta sexta-feira no Jardim Zoológico de Burgers, na Holanda. Há cerca de dois anos a mãe dos bebés também tinha dado à luz seis crias. O curioso do acontecimento é o número elevado de crias a nascer ao mesmo tempo, uma vez que uma chita fêmea gera em média entre dois a quatro bebés.