sicnot

Perfil

País

Primeiro-ministro visita a China em outubro com Macau no percurso

JOS\303\211 COELHO

O primeiro-ministro, António Costa, efetua entre 8 e 12 de outubro uma visita de cinco dias à República Popular da China, a qual inclui também uma deslocação à Região Administrativa Especial de Macau.

Fonte diplomática disse à agência Lusa que o primeiro-ministro iniciará a sua visita em Pequim, onde terá uma série de encontros de caráter institucional e político.

A dimensão mais económica e empresarial da vista de António Costa acontecerá em Xangai, em princípio no terceiro dia de presença do líder do executivo português na República Popular da China.

Em Macau, o primeiro-ministro deverá participar num fórum empresarial e, além das matérias do intercâmbio económico, terá ainda uma agenda dedicada às questões da cooperação cultural no âmbito da lusofonia.

No passado dia 12, António Costa recebeu em São Bento o chefe do executivo da Região Administrativa Especial de Macau, Chui Sai On, reunião que teve como temas centrais a cooperação económica, a tecnológica e científica.

Segundo fonte do executivo português, durante essa reunião António Costa destacou o facto de Lisboa se preparar para receber em novembro a "Web Summit" - evento que nos próximos anos juntará na capital portuguesa as mais importantes start-ups e empresas tecnológicas mundiais.

Ainda de acordo com a mesma fonte, além dos temas da cooperação tecnológica e científica, o primeiro-ministro também destacou a importância da cooperação com a Região Administrativa Especial de Macau na economia, comércio e educação, sobretudo ao nível da difusão da língua portuguesa na Ásia.

"O primeiro-ministro acentuou igualmente a importância do papel de Macau no âmbito da plataforma entre a China e os países de expressão portuguesa", acrescentou.

Lusa

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.