sicnot

Perfil

País

Incêndio no complexo turístico Zmar está dominado

O incêndio que deflagrou este sábado no complexo turístico Zmar, em Odemira, obrigando à evacuação do espaço, já foi dominado pelos bombeiros, revelou à agência Lusa o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja.

O fogo, tanto na vertente urbana, nas instalações do parque de campismo, como na vertente rural, visto que as chamas alastraram a uma área de pasto e de povoamento florestal, "já foi dominado, desde as 20:03", disse o CDOS.

No local, para prosseguirem com os trabalhos, acrescentou, "mantêm-se 94 operacionais, auxiliados por 28 viaturas", dos bombeiros, GNR, AFOCELCA, Instituto Nacional de Emergência Médica e Autoridade Nacional da Proteção Civil.

As chamas deflagraram hoje à tarde no complexo turístico Zmar -- Eco Campo Resort, a poucos quilómetros da Zambujeira do Mar, no concelho alentejano de Odemira, no distrito de Beja, tendo os bombeiros recebido o alerta às 17:39.

Em declarações anteriores à Lusa, o comandante operacional distrital de Beja, tenente-coronel Vitor Cabrita, indicou que o incêndio "terá tido início num pavilhão" central do complexo, onde estão situados "o restaurante e o refeitório".

"E o indício que temos é que terá tido início na cozinha", nesse mesmo pavilhão central, acrescentou.

Antes de dominarem as chamas, os bombeiros conseguiram circunscrevê-las "a esse edifício central", feito "todo em madeira" e evitaram que se propagassem "às outras estruturas do complexo turístico".

O fogo, além de afetar o parque de campismo, ganhou também uma dimensão rural, quando se propagou "ao pasto e, depois, a uma área de povoamento florestal", explicou Vitor Cabrita.

O combate ao incêndio rural mobilizou meios terrestres e um helicóptero.

Tanto os bombeiros, como o Comando Territorial de Beja da GNR, não têm registo de quaisquer feridos, devido ao incêndio, que obrigou, contudo, à evacuação do complexo turístico.

O Zmar é um parque de campismo "amigo do ambiente", perto de Zambujeira do Mar, no concelho de Odemira, no distrito de Beja.

Lusa

  • Fogo que destruiu parte do Zmar não fez feridos
    1:47

    País

    Um incêndio destruiu este sábado parte do empreendimento turístico Zmar, em Odemira. Ninguém ficou ferido, mas o resort turístico foi evacuado e os bombeiros deslocaram para o local um grande número de meios, incluindo um helicóptero.

  • Marcelo Rebelo de Sousa avisou que depois das autárquicas viria um novo ciclo. A lógica levou-nos a assumir que estava a falar do PSD, mas hoje, olhando para a situação política, devemos também incluir nessa previsão a “geringonça” e os seus equilíbrios. Não acredito que as coisas mudem até às legislativas, mas as contas só se fazem depois dos votos das autárquicas. Até lá, o tom de voz das esquerdas vai engrossar.

    Bernardo Ferrão

  • Milhares na cidade da justiça de Barcelona
    1:44
  • Detido 5º suspeito do atentado de Barcelona

    Mundo

    As autoridades espanholas detiveram hoje na região de Valência um cidadão marroquino de 24 anos, residente em Espanha, por alegada colaboração com o grupo islâmico responsável "pelos atentados terroristas" em Barcelona, em agosto.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Presidente das Filipinas pede que matem o filho se estiver envolvido nas drogas

    Mundo

    O Presidente das Filipinas pediu que matassem o seu filho se as acusações de que traficava droga fossem provadas. Rodrigo Duterte destacou ainda que, caso fosse verdade, iria proteger as autoridades que executassem Paolo Duterte. Em causa está a acusação de que o filho do Presidente filipino faria parte da máfia chinesa, que contrabandeia drogas, vindas da China para dentro do país.

    SIC

  • Espanhola tenta provar há sete anos que está viva

    Mundo

    Uma mulher de 53 anos está há sete anos a tentar provar que está viva. Segundo o Estado espanhol, Juana Escudero Lezcano morreu a 13 de maio de 2010, mas na realidade quem morreu foi uma mulher com o mesmo nome e data de nascimento.

    SIC