sicnot

Perfil

País

Carrilho condenado por ameaça agravada a amiga de Bárbara Guimarães

Manuel Maria Carrilho foi esta manhã condenado por ameaçar uma amiga da sua ex-mulher, Bárbara Guimarães. Terá que pagar 1.800 euros de multa e 2.500 euros de indemnização, pelas ofensas que ocorreram em 2014.

O episódio aconteceu num centro comercial de Lisboa. O tribunal deu como provado que Manuel Maria Carrilho abordou aos gritos uma amiga da ex-mulher. Exaltado e com uma "expressão tresloucada", como contou uma das testemunhas, disse-lhe que era uma mulher morta, que a ia matar e destruir todos os negócios da família.

O juiz da Comarca de Lisboa não deu razão a nenhum dos argumentos da defesa e condenou o ex-ministro ao pagamento de 150 dias de multa, que se traduzem em 1.800 euros. Se não pagar, terá de cumprir 100 dias de prisão. Carrilho terá de pagar ainda uma indemnização à vítima por danos morais, no valor de 2.500 euros, mais juros de mora.

Valores que se somam a uma outra indemnização que o ex-ministro da Cultura aceitou pagar antes mesmo do início do julgamento, num acordo que levou à desistência das queixas por agressão a injúrias à mesma amiga de Bárbara Guimarães na mesma situação.

Manuel Maria Carrilho assumiu então a culpa, pediu desculpa por escrito e pagou a indemnização. O caso seguiu assim só com o crime de ameaça agravada, que não permite desistência, terminado agora em condenação. A defesa não quis dizer se vai recorrer.

O ex-ministro é arguido noutros dois processos que correm em Lisboa por crimes de difamação, ameaça, agressão, injúrias e violência doméstica contra Bárbara Guimarães.

Última atualização às 11:49

  • Militares da revolução denunciam corrupção nos órgãos de poder
    3:22

    País

    O presidente da Associação 25 de Abril acusa a classe política de não ter interesse em travar a corrupção em Portugal. Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho, dois dos militares da revolução, consideram que a corrupção está entranhada nos órgãos de poder e deve ser denunciada.

  • "Está prevista mais uma melhoria do rating para breve"
    2:46
  • Fábrica na Covilhã vai produzir para marcas de luxo
    1:47

    Economia

    A Covilhã foi a cidade portuguesa escolhida para a instalação de uma nova fábrica de produção de peças para marcas de luxo. O Grupo FM Industries Sycrilor vai reforçar o investimento na cidade e será responsável pelo polimento de metais para as marcas Louis Vuitton e Cartier.