sicnot

Perfil

País

Entregues hoje em Monte Real primeiros F-16 vendidos à Força Área da Roménia

Os primeiros seis de 12 caças F-16 vendidos à Força Aérea da Roménia são hoje entregues numa cerimónia na Base Aérea de Monte Real, Leiria, com a presença do primeiro-ministro e dos ministros da Defesa português e romeno.

Os primeiros seis F-16 partem de Portugal na quinta-feira para equipar a Força Aérea romena, uma venda que foi oficializada em 2013 pelo anterior ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

A cerimónia para a entrega oficial dos primeiros seis F-16 ao Governo romeno decorre hoje, às 16.00, na Base Aérea de Monte Real, Leiria, com a participação do primeiro-ministro, António Costa, o ministro português da Defesa, Azeredo Lopes, e o seu homólogo romeno, Mihnea Ioan Motoc.

Segundo uma nota do ministério da Defesa, as próximas três aeronaves serão entregues até ao final do ano e as restantes três, as que foram compradas por Portugal ao fabricante norte-americano e ainda estão em processo de atualização, em setembro de 2017.

O contrato contemplou a venda de 12 aparelhos - nove monolugares e três bi-lugares - representando um encaixe líquido de 78 milhões de euros (ME) de um total de 181 milhões, dos quais 163 ME já foram pagos ao Governo português.

A alienação de f-16 da FAP está prevista na lei de programação militar desde 2006, depois de no início da década Portugal ter decidido que não precisava, em termos operacionais e das exigências da missão, de nove das 39 aeronaves de que dispunha.

O programa inclui a formação e treino de cerca de 84 militares romenos, entre pilotos, técnicos e mecânicos entre 2014 e 2018, a preparação e modernização das aeronaves e o envio de uma equipa portuguesa de formação e suporte para apoiar a Força Aérea romena durante dois anos.

Segundo uma notícia avançada na segunda-feira pela agência Lusa, o Governo português está neste momento a analisar a viabilidade da venda de mais 12 caças F-16 à Força Aérea da Roménia, para além destas primeiras aeronaves contratualizadas em 2013.

Contactado pela Lusa, o ministério da Defesa confirmou que a "Roménia já fez um pedido para o fornecimento de mais 12 aviões, uma possibilidade que está a ser analisada para ver da viabilidade do projeto, que terá sempre de envolver três partes, Portugal, EUA [fabricante] e Roménia"

  • Atirador canadiano mata combatente do Daesh a 3,5km de distância

    Mundo

    Um atirador das Forças Especiais do Canadá matou um combatente do Daesh com um tiro disparado a 3,5 quilómetros de distância, no passado mês de maio, no Iraque. O Comando de Operações Especiais canadiano garantiu à BBC que a distância do disparo, realizado com sucesso, é já considerada um recorde na história militar.

  • Revelada a verdadeira identidade de Banksy?

    Cultura

    O músico e produtor Goldie pode ter revelado a identidade do artista mais conhecido por Banksy, durante uma entrevista ao podcast do rapper Scroobius Pip. Goldie referiu Robert Del Naja de forma acidental e os fãs acreditam que a identidade do artista britânico foi finalmente desvendada.

  • "Mãe, por favor, para de dizer asneiras. Não quero que leves um tiro"
    0:51

    Mundo

    O Departamento de Investigação da Polícia do Minnesota divulgou esta sexta-feira um vídeo com imagens de um incidente que levou à morte de um afro-americano pela polícia, nos Estados Unidos da América. Em julho de 2016 um polícia atingiu mortalmente Philando Castile, de 32 anos, durante uma operação de controlo rodoviário. O homem procurava os documentos de identificação quando o polícia disparou quatro tiros. Nas imagens é possível ver o desespero da filha da companheira de Philiando Castile, minutos depois de ter visto o padrasto a morrer. O agente responsável pela morte de Castile foi absolvido pelo Tribunal na semana passada.

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43

    Mundo

    Um vídeo de um acidente numa autoestrada em Santa Clarita, na Califórnia (EUA), está a tornar-se viral nas redes sociais. Nas imagens é possível ver um motociclista a dar um pontapé num carro que seguia à sua frente. Como forma de "retribuição", o carro vira na direção da mota mas bate no separador e depois numa carrinha que acabou por capotar. Segundo a imprensa norte-americana o condutor da carrinha foi levado para o hospital com ferimentos ligeiros. Já a pessoa que conduzia a mota seguiu o seu caminho.