sicnot

Perfil

País

PJ deteve dois suspeitos de autoria de fogo em Cinfães

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quinta-feira a detenção de um guarda vigilante e do seu filho por serem suspeitos de terem ateado um incêndio florestal em Cinfães, no norte do distrito de Viseu.

Em comunicado, a PJ explica que "a detenção foi o culminar de uma investigação a um crime de incêndio florestal ocorrido no passado dia 28 de agosto", na localidade do Covelo, na freguesia de Ferreiro dos Tendais.

Nesse dia, "os suspeitos terão impedido que elementos do GIPS (Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro) da GNR efetuassem o combate a um incêndio florestal", acrescenta.

Os detidos são o guarda vigilante de 58 anos e o seu filho de 34 anos, carpinteiro, que vão ser presentes à autoridade judiciária para primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação.

Durante este ano a PJ já identificou e deteve 78 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

Lusa

  • DIRETO: Portuguesa entre os 14 mortos dos atentados na Catalunha

    Ataque em Barcelona

    Uma das 13 vítimas mortais do atentado de ontem em Barcelona é portuguesa e há uma outra portuguesa desaparecida. Entretanto, uma pessoa morreu e cinco suspeitos foram abatidos num segundo ataque esta madrugada em Cambrils. As buscas centram-se num nome: Moussa Oukabir. Siga aqui as últimas informações, ao minuto.

    Em atualização

  • O momento em que os suspeitos foram abatidos em Cambrils
    2:35
  • Driss Oukabir: suspeito do atentado ou vítima de roubo de identidade?
    2:40

    Ataque em Barcelona

    Um dos dois suspeitos, do ataque nas Ramblas, detidos pela polícia foi inicialmente identificado como Driss Oukabir, um homem de 28 anos. Mais tarde, um homem com o mesmo nome apresentou-se numa esquadra em Girona, a mais de 100 quilómetros do local do atropelamento afirmando que lhe tinha sido roubada a identificação. De acordo com alguma imprensa espanhola, poderá ter sido o irmão, Moussa Oukabir, um jovem de 18 anos que vive em Barcelona, como explicou também Nuno Rogeiro, comentador da SIC.

  • "O abandono provoca incêndios desta dimensão"
    0:55

    País

    O antigo vereador da Câmara de Mação José Silva acredita que a desertificação do interior também é, em parte, responsável pelos incêndios. Segundo José Silva, Mação tem cada vez menos habitantes e é por essa razão que os terrenos são deixados ao abandono.

  • Mação perdeu 80% da área florestal
    3:39
  • Ágata candidata-se à Câmara de Castanheira de Pera
    3:42