sicnot

Perfil

País

Portugal pode ser levado a tribunal por atraso no reconhecimento de qualificações profissionais

A Comissão Europeia enviou hoje um parecer fundamentado a Portugal, entre outros países, solicitando a adoção da legislação europeia sobre o reconhecimento de qualificações profissionais, sob pena de a questão subir ao Tribunal de Justiça da UE.

No total, a iniciativa de Bruxelas visou 14 países que ainda não transpuseram para a legislação nacional o novo sistema de reconhecimento de qualificações profissionais, que simplifica as regas e acelera os procedimentos.

A transposição completa da legislação, que deveria estar concluída até 18 de janeiro último, ainda não foi notificada a Bruxelas pela Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslovénia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Luxemburgo, Malta, Portugal e Reino Unido.

Com o envio do parecer fundamentado, os Estados-membros em causa têm dois meses para dar conta da adoção do regulamento, sob pena de a questão ser levada perante o Tribunal de Justiça da UE.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.