sicnot

Perfil

País

Professor acusado de melhorar notas com documentos falsos

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou esta sexta-feira que constituiu arguido um homem de 35 anos, suspeito de falsificação de documentos para melhorar as notas da licenciatura e conseguir os lugares de docência que pretendia.

Segundo um comunicado da PJ, as competências académicas e a experiência profissional que constava dos documentos falsificados pelo arguido permitiram-lhe obter um lugar como professor "numa escola da zona de Setúbal, ultrapassando milhares de candidatos".

A polícia adiantou que aquele professor, licenciado em informática, sabia que a classificação final que tinha obtido, de 11 valores, era insuficiente para obtenção dos lugares que pretendia, pelo que "falsificou declarações comprovativas de melhoria de nota, no âmbito da sua licenciatura e um certificado de habilitações do grau de mestre em engenharia informática, em qualquer dos casos com elevada classificação final".

Para dar credibilidade aos documentos forjados, o arguido terá recorrido a "assinaturas digitalizadas retiradas de documentos verdadeiros e a cunhos de selos brancos, igualmente falsos, encomendados numa tipografia da margem sul do Tejo, desconhecedora da realidade".

De acordo com a PJ, o arguido terá ainda falsificado as datas e os códigos de um comprovativo de ações de formação que lecionou, durante três anos, num Centro de Emprego, que comprovavam uma experiência profissional mais alargada, mas que também não correspondia à realidade.

Na sequência da investigação iniciada pela PJ em novembro de 2015, o presumível falsário deverá responder pelos crimes de burla e falsificação de documentos.

Lusa

  • Professor acusado de 439 crimes de abuso sexual
    3:43

    País

    O ministério público acusou de 439 crimes de abuso sexual de crianças o professor e treinador de futebol detido em fevereiro. O homem terá abusado várias vezes de nove menores, com idades entre os 9 e os 12 anos. Uma das vítimas é um sobrinho, que acabou por denunciar o agressor. O Ministério Público diz que o homem, de 34 anos, tem uma forte atracção sexual por crianças desde os 18. Procurou, por isso, uma profissão que lhe permitisse estar perto de crianças sem a presença de outros adultos.

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.