sicnot

Perfil

País

Professor acusado de melhorar notas com documentos falsos

A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou esta sexta-feira que constituiu arguido um homem de 35 anos, suspeito de falsificação de documentos para melhorar as notas da licenciatura e conseguir os lugares de docência que pretendia.

Segundo um comunicado da PJ, as competências académicas e a experiência profissional que constava dos documentos falsificados pelo arguido permitiram-lhe obter um lugar como professor "numa escola da zona de Setúbal, ultrapassando milhares de candidatos".

A polícia adiantou que aquele professor, licenciado em informática, sabia que a classificação final que tinha obtido, de 11 valores, era insuficiente para obtenção dos lugares que pretendia, pelo que "falsificou declarações comprovativas de melhoria de nota, no âmbito da sua licenciatura e um certificado de habilitações do grau de mestre em engenharia informática, em qualquer dos casos com elevada classificação final".

Para dar credibilidade aos documentos forjados, o arguido terá recorrido a "assinaturas digitalizadas retiradas de documentos verdadeiros e a cunhos de selos brancos, igualmente falsos, encomendados numa tipografia da margem sul do Tejo, desconhecedora da realidade".

De acordo com a PJ, o arguido terá ainda falsificado as datas e os códigos de um comprovativo de ações de formação que lecionou, durante três anos, num Centro de Emprego, que comprovavam uma experiência profissional mais alargada, mas que também não correspondia à realidade.

Na sequência da investigação iniciada pela PJ em novembro de 2015, o presumível falsário deverá responder pelos crimes de burla e falsificação de documentos.

Lusa

  • Professor acusado de 439 crimes de abuso sexual
    3:43

    País

    O ministério público acusou de 439 crimes de abuso sexual de crianças o professor e treinador de futebol detido em fevereiro. O homem terá abusado várias vezes de nove menores, com idades entre os 9 e os 12 anos. Uma das vítimas é um sobrinho, que acabou por denunciar o agressor. O Ministério Público diz que o homem, de 34 anos, tem uma forte atracção sexual por crianças desde os 18. Procurou, por isso, uma profissão que lhe permitisse estar perto de crianças sem a presença de outros adultos.

  • "Vi o Bas Doost a jorrar sangue para o chão (...) revoltei-me!"
    3:28
  • "Esta semana parecia um filme de terror"
    2:24

    Desporto

    O treinador do Sporting falou pela primeira vez à imprensa desde as agressões de que foi alvo em Alcochete. Jorge Jesus disse que a última semana "parecia um filme de terror" e deixou um agradecimento especial aos adeptos e à "capacidade emocional" dos jogadores.

  • Já se pode pescar sardinha mas há limitações

    País

    A proibição da pesca da sardinha termina hoje, podendo, até 31 de julho, os pescadores capturar 4.855 toneladas, com limites diários, medidas de proteção dos juvenis e monitorização da pescaria, disse à Lusa o Ministério do Mar.

  • Nicolas Maduro vence presidenciais na Venezuela

    Mundo

    O chefe de Estado venezuelano, Nicolas Maduro, foi declarado vencedor das eleições presidenciais de domingo pela autoridade eleitoral, com perto de 70% dos votos, depois de contados quase todos os boletins.

  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29