sicnot

Perfil

País

Táxis ilegais vão pagar coimas mais elevadas

O projeto de lei do PCP que reforça as coimas pelo exercício ilegal de transporte em táxi foi hoje aprovado no Parlamento com a abstenção do PSD e do CDS-PP e os votos a favor das restantes bancadas.

Atualmente, o exercício da atividade sem o alvará é punível com coima de 1.247 euros a 3.740 euros ou de 4.988 euros a 14.964 euros, consoante se trate de pessoa singular ou coletiva, e o PCP propõe que essas coimas passem para entre 2.000 e 4.500 euros (pessoa singular) e entre 5.000 e 15.000 euros (pessoa coletiva).

O projeto de lei propõe ainda duplicar as coimas em caso de reincidência de exercício de atividade de transporte de táxi sem alvará.

O diploma é da autoria do PCP, mas inclui propostas de alteração propostas pelo PS que visam essencialmente "aperfeiçoar os artigos relativos aos procedimentos nas contraordenações", disse à Lusa o deputado comunista Bruno Dias.

O projeto de lei inclui também propostas do PCP para evitar que "pague o justo pelo pecador", porque não se pretende "apertar a malha de forma desproporcionada, penalizando os que estão legais", explicou.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.