sicnot

Perfil

País

Oito concelhos em risco máximo de incêndio

Oito concelhos dos distritos de Santarénm, Castelo Branco, Leiria e Coimbra estão hoje em risco máximo de incêndio, segundo a informação disponível na página da internet do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o instituto, em risco 'Máximo' de incêndio estão os concelhos de Sardoal e Mação (Santarém), Vila de Rei, Sertã e Oleiros (Castelo Branco), Pedrógão Grande (Leiria) e Pampilhosa da Serra e Arganil (Coimbra).

O instituto colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio dezenas de concelhos de norte a sul do país, à exceção dos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e de alguns concelhos dos distritos de Beja, Portalegre e Évora.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre reduzido e máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando temporariamente períodos de maior nebulosidade nas regiões Norte e Centro até meio da manhã, e uma descida da temperatura, em especial da máxima.

Na Madeira haverá períodos de céu muito nublado, vento em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante norte e também uma pequena descida da temperatura.

Para os Açores prevê-se períodos de céu muito nublado, vento fraco e períodos de chuva durante a tarde.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão varia entre os 15.º e os 24.º Celsius, no Porto entre os 13.º e os 20.º, em Coimbra entre os 12.º e os 22.º. em Vila Reasl entre os 11.º e os 21.º e em Bragança entre os 9.º e os 21.º.

No sul, as temperaturas vão variar entre os 13.º e os 21.º em Évora e os 14.º, os 21.º em Beja e os 18.º e os 27.º em Faro.

Em Ponta delgada as temperaturas vão variar entre os 18.º e os 24.º e no Funchal entre os 20.º e os 25.º.

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Acordo de concertação social assinado por todos os parceiros

    Economia

    Está assinado o acordo da Concertação Social que estipula a descida da TSU para as empresas como contrapartida do aumento do salário mínimo. Ao contrário do que é habitual, o momento não foi assinalado na sede do Conselho Económico e Social (CES), mas as assinaturas foram divulgadas no Twitter.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.