sicnot

Perfil

País

Costa insurge-se contra operações "à última hora" na corrida à ONU

O primeiro-ministro, António Costa, manifestou-se hoje, em Estocolmo, contra operações diplomáticas "à última hora" na corrida ao cargo de secretário-geral das Nações Unidos e disse esperar que ganhe efetivamente "o melhor", ou seja, António Guterres.

Numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo sueco, Costa, questionado pela imprensa sueca sobre a corrida à liderança da ONU, reforçou que António Guterres é "certamente o melhor candidato, como em cinco votações consecutivas os membros do Conselho de Segurança puderam expressar ao longo destes meses".

Já o chefe de Governo sueco, Stefan Löfven, questionado pelos jornalistas portugueses sobre o candidato António Guterres e a entrada em cena da búlgara Kristalina Georgieva, vice-presidente da Comissão Europeia que se tornou candidata "à última hora", limitou-se a apontar que "a Suécia não apoia nenhum candidato em particular", reconhecendo que o candidato português é "muito qualificado, assim como outros".

António Costa desenvolveu mais o assunto, para partir de novo em defesa de António Guterres e da forma como o processo de eleição estava a decorrer até agora.

"Achamos que é um passo muito positivo as Nações Unidas, pela primeira vez, terem adotado um processo transparente (...) e que desta vez a escolha não seja feita nas chancelarias entre acordos diplomáticos, mas de forma aberta. E por isso não cremos que seja positivo que este esforço de transparência seja comprometido à última hora com operações diplomáticas que desvalorizem aquilo que foi o trabalho de tantos candidatos e candidatas de tantos países e continentes, que ao longo destes meses se submeteram à discussão pública para saber quem é o melhor. O que nós desejamos é que ganhe o melhor", declarou.

Lusa

  • O resgate dos passageiros do naufrágio em Cascais
    1:48
  • É importante que "as pessoas não tenham medo" de denunciar o tráfico humano
    0:48

    País

    Manuel Albano, relator nacional para o tráfico de pessoas, concorda com a ideia de que é necessário continuar a investir na inspeção e na fiscalização para travar o tráfico de seres humanos, mas rejeita a denúncia do sindicato dos trabalhadores do SEF, que esta quinta-feira alertou para a "falta de controlo".

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01
  • O que faz um guaxinim às duas da manhã num quartel de bombeiros?

    Mundo

    Os animais são muitas vezes os protagonistas de histórias incríveis ou até insólitas. Desde o cão mais pequeno ao urso mais assustador. Desta vez, o principal interveniente é um guaxinim, que foi levado até um quartel de bombeiros por uma dona muito preocupada. Porquê? O animal estava sob o efeito de drogas.

    SIC

  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC