sicnot

Perfil

País

Presidente condecora Alegre, Sousa Ribeiro e Barbosa de Melo no 5 de Outubro

O Presidente da República vai condecorar, nas cerimónias comemorativas do 5 de Outubro, o poeta e histórico dirigente socialista Manuel Alegre e o anterior presidente do Tribunal Constitucional, Joaquim Sousa Ribeiro.

Marcelo Rebelo de Sousa vai também condecorar a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e, a título póstumo, o antigo presidente da Assembleia da República e fundador do PSD António Barbosa de Melo, disse à Lusa fonte da Presidência da República.

Joaquim Sousa Ribeiro, que em julho terminou o seu mandato no Tribunal Constitucional, vai receber a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, que distingue serviços prestados ao país no exercício das funções de soberania e foi atribuída a todos os outros antigos presidentes deste órgão.

Manuel Alegre, conforme o Presidente da República anunciou a 20 de maio, vai ser condecorado com a Grã-Cruz da Ordem de Sant'Iago da Espada, que distingue o mérito literário, científico e artístico, e a SPA receberá o título de Membro Honorário da Ordem da Liberdade.

Ao antigo presidente da Assembleia da República Barbosa de Melo, que morreu no início deste mês, o chefe de Estado vai atribuir postumamente a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, que distingue serviços relevantes prestados ao país, na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.