sicnot

Perfil

País

Presidente condecora Alegre, Sousa Ribeiro e Barbosa de Melo no 5 de Outubro

O Presidente da República vai condecorar, nas cerimónias comemorativas do 5 de Outubro, o poeta e histórico dirigente socialista Manuel Alegre e o anterior presidente do Tribunal Constitucional, Joaquim Sousa Ribeiro.

Marcelo Rebelo de Sousa vai também condecorar a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e, a título póstumo, o antigo presidente da Assembleia da República e fundador do PSD António Barbosa de Melo, disse à Lusa fonte da Presidência da República.

Joaquim Sousa Ribeiro, que em julho terminou o seu mandato no Tribunal Constitucional, vai receber a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo, que distingue serviços prestados ao país no exercício das funções de soberania e foi atribuída a todos os outros antigos presidentes deste órgão.

Manuel Alegre, conforme o Presidente da República anunciou a 20 de maio, vai ser condecorado com a Grã-Cruz da Ordem de Sant'Iago da Espada, que distingue o mérito literário, científico e artístico, e a SPA receberá o título de Membro Honorário da Ordem da Liberdade.

Ao antigo presidente da Assembleia da República Barbosa de Melo, que morreu no início deste mês, o chefe de Estado vai atribuir postumamente a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, que distingue serviços relevantes prestados ao país, na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47