sicnot

Perfil

País

Nova frente de obras no mercado do Bolhão obriga a novas limitações de trânsito

A Câmara Municipal do Porto anunciou esta terça-feira que uma nova frente de obras no mercado do Bolhão vai obrigar, a partir de quinta-feira, a condicionamentos de trânsito nas imediações daquela infraestrutura.

"A intervenção não implicará nenhum condicionamento ao funcionamento normal do mercado do Bolhão, contudo, obrigará a novas alterações de trânsito, que nesta fase ocorrerão nas seguintes vias: Rua Sá da Bandeira, Rua Formosa, Rua Fernandes Tomás, Rua da Firmeza e Rua Santos Pousada", referiu a autarquia, em comunicado.

No âmbito destas alterações, a praça de táxis da Rua de Sá da Bandeira passa para a Rua do Bolhão.

Como elenca a Câmara Municipal, o trânsito passa a ser proibido na Rua de Fernandes Tomás entre a Rua Alexandre Braga e a Rua de Sá da Bandeira, estando, nesta última via, também proibida a circulação (exceto a cargas e descargas e acesso a garagens) entre a Rua de Fernandes Tomás e a Rua da Firmeza.

Na Rua de Fernandes Tomás é também proibido o trânsito (exceto transportes públicos, cargas e descargas, acesso a garagens e estacionamentos) entre a Rua da Alegria e a Rua de Alexandre Braga, onde fica proibido o trânsito, exceto a transportes públicos, cargas e descargas e acesso a garagens e parques de estacionamento.

A Rua da Firmeza passa a ter um sentido único entre Santos Pousada e Sá da Bandeira e dois sentidos entre esta última e a Rua do Bolhão.

A Rua de Fernandes Tomás passa a ter um sentido único entre a Rua do Bolhão e Sá da Bandeira, enquanto a Rua Formosa passa a ter um corredor de bus e é estabelecido sentido único sul-norte na Santos Pousada, entre o Campo 24 de Agosto e a Rua da Firmeza.

Por último, é estabelecido um sentido único nascente-poente no arruamento poente do Campo 24 de Agosto.

Lusa

  • Requalificação do Mercado do Bolhão já começou
    2:13

    País

    As obras de requalificação do Mercado do Bolhão no Porto já começaram, depois de terem sido prometidas há mais de 20 anos. Os comerciantes só vão ser transferidos em 2017. Contudo, já contestam a solução encontrada pela autarquia para instalar o mercado temporário enquanto durarem os trabalhos.

  • Obras do Bolhão arrancam a 01 de agosto

    País

    O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, afirmou quinta-feira à noite que as obras de requalificação do Mercado do Bolhão arrancam a 01 de agosto. Sem dar mais pormenores, o autarca respondeu assim a uma questão que lhe foi colocada pela CDU acerca do começo dessas obras.

  • Mercado do Bolhão entra em obras aos 101 anos
    6:35

    País

    O mercado do Bolhão, no Porto, faz este mês 101 anos e vai entrar em obras. É um dos edifícios mais emblemáticos da cidade onde resistem 90 vendedores. Muitos dizem que já não voltam ao novo Bolhão, que deverá estar concluído daqui a dois anos.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.