sicnot

Perfil

País

Acidentes nas estradas aumentam 5,6%, mas mortes diminuem 9,4%

Os acidentes nas estradas portuguesas aumentaram este ano 5,6 %, num total de 94.441 sinistros, em relação a 2015, enquanto o número de mortos diminuiu 9,4%, indicou esta quarta-feira a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviário (ASNR).

A ANSR, que reúne dados da PSP e GNR, registou 94.441 desastres rodoviários, entre 1 de janeiro e 30 de setembro, mais 4.555 do que em igual período de 2015, quando ocorreram 89.886.

Segundo a ANSR, os acidentes provocaram 324 mortos, entre janeiro e setembro, menos 34 em relação a período idêntico de 2015, altura em que se registaram 358 vítimas mortais.

Os distritos com maior número de mortos este ano foram Lisboa (46), Aveiro (29), Porto e Setúbal (26).

Nos distritos da Guarda (4) e Viana do Castelo os acidentes provocaram menos mortos, adianta a Segurança Rodoviária.

Os feridos graves também diminuíram este ano, registando-se este ano menos 167 ao ficarem gravemente feridos 1.543 pessoas até 30 de setembro.

Os acidentes provocaram ainda este ano 28.379 feridos ligeiros, menos 171 do que em igual período de 2015.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas mortais cujo óbito foi declarado no local do acidente ou a caminho do hospital.

Lusa

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.