sicnot

Perfil

País

"De cada vez que um responsável público se deslumbra com o poder a democracia sofre"

"De cada vez que um responsável público se deslumbra com o poder a democracia sofre"

O Presidente da República disse esta quarta-feira que há um "cansaço" dos cidadãos perante "casos a mais" na democracia portuguesa. Num aviso aos políticos, durante o discurso do 5 de outubro, Marcelo Rebelo de Sousa garantiu que os casos a mais e os princípios de menos são a causa da desconfiança, da descrença e da desilusão dos cidadãos com a democracia e as instituições.

  • Partidos elogiam discurso de Marcelo
    1:46

    País

    Os partidos elogiaram o discurso do Presidente da República nas cerimónias do 5 de outubro. António Costa também concordou com os avisos de Marcelo Rebelo de Sousa à classe política.

  • Comemorações do 5 de outubro voltaram à rua
    2:13

    País

    Ao contrário do que aconteceu nos últimos anos, as cerimónias do 5 de outubro voltaram hoje à rua. O Presidente da República e o presidente da Câmara discursaram ao ar livre frente aos convidados oficias e a uma multidão que se juntou em redor. Fernando Medina, começou por defender a solução de Governo conseguida por António Costa, e por juntar Marcelo aos elogios.

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC