sicnot

Perfil

País

Marcelo lembra que pessoas são mais importantes que números

Marcelo Rebelo de Sousa falava durante a sessão solene comemorativa do 105.º aniversário da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, defendeu esta sexta-feira que mais importante que falar de números, das previsões do défice e do crescimento do PIB "são as pessoas de carne e osso que fizeram a história deste país".

"O mais importante é olhar para o que está por detrás e além desses números e que são pessoas, pessoas de carne e osso, que fizeram a história deste país, que fazem o seu presente e que farão o seu futuro", assinalou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado assumiu-se ainda "otimista" e disse que "no meio de tantas preocupações, depois de responder dez vezes por dia à crónica pergunta se acredita que o défice vai ser 2,5% este ano e se aceita o facto de o crescimento do PIB andar pelo 1%, como é dito de manhã, à tarde e à noite por sucessivos relatórios de infatigáveis instituições internas e internacionais, além de ter essa sina, que é de ter de dizer 35 vezes o que já disse 34, uma hora e meia antes, o mais importante curiosamente não é isso".

Marcelo Rebelo de Sousa falava durante a sessão solene comemorativa do 105.º aniversário da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), uma instituição que, anunciou hoje, irá condecorar com o título "mais do que justo" de membro honorário da ordem da instituição pública.

"Foi com estupefação que descobri que nunca o poder político galardoou os méritos desta faculdade", realçou o presidente para quem era "uma evidência que tivesse existido esse reconhecimento".

O Presidente da República aproveitou para defender que "há muito de positivo na educação em Portugal, no ensino superior e na ciência no nosso país" e que "todos os dias temos conhecimento de êxito dos portugueses por esse mundo fora".

"A nossa educação nunca parou de melhorar. Está aquém do que podia ser (...) mas melhorou. E isso aplica-se ao ensino superior, como se aplica à investigação científica", sublinhou.

Lusa

  • "Há uma grande diferença em relação à anterior liderança do PSD"
    14:29

    País

    O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, esteve esta quarta-feira na Edição da Noite da SIC Notícias. As novas relações com o PSD e a reprogramação do Portugal 2020 foram alguns dos temas de conversa. Pedro Marques defende que existe "uma grande diferença" entre as lideranças de Passos Coelho e Rui Rio no PSD.

    Entrevista SIC Notícias

  • Dia de homenagens e muito futebol para Marcelo em São Tomé
    3:01

    País

    No segundo dia da visita de Estado a São Tomé e Príncipe, o Presidente da República prestou homenagem às vítimas do massacre de Batepá, em 1953. Marcelo Rebelo de Sousa não pediu desculpa pela história, mas lembrou que é preciso assumir as coisas menos boas do passado. O dia terminou com o Presidente a mostrar que ainda está em forma.

    Enviados SIC

  • Patinadora enfrenta "pesadelo" nos Olímpicos

    Desporto

    A patinadora Gabriella Papadakis enfrentou na segunda-feira um dos "piores pesadelos" da sua vida, durante a estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. Durante a apresentação, a parte de cima do vestido da francesa saiu do lugar e revelou parte do seu seio. Mas este não foi o único caso de incidentes com figurinos. Também a sul-coreana Yura Min quase ficou despida durante a sua apresentação.

    SIC

  • Casal mantinha filhos trancados sem comida

    Mundo

    Se pensava que só existia uma casa dos horrores, a da família Turpin, desengane-se. A polícia de Tucson, no estado norte-americano do Arizona, deteve na terça-feira um casal que mantinha os quatro filhos adotivos trancados em quartos separados.

    SIC

  • Pigcasso, a porca pintora que tem uma galeria de arte

    Mundo

    O nome sugere o talento da artista que vive na Cidade do Cabo, na África do Sul. Pigcasso estava prestes a morrer, quando foi resgatada por uma ativista que a ajudou a enveredar pelo caminho da pintura. Desde pequena começou a pegar em pincéis e agora é o primeiro animal do mundo com uma galeria de arte, onde já lançou a sua primeira exposição intitulada 'Oink!'.