sicnot

Perfil

País

Mulher ferida gravemente no acidente em Matosinhos nos cuidados intensivos

© Lusa

A mulher ferida gravemente no acidente com um autocarro que ontem se despistou junto à estação de metro do Mercado, em Matosinhos, mantêm-se internada nos Cuidados Intensivos do Hospital Pedro Hispano.

Fonte da unidade hospitalar disse hoje à Lusa que os restantes três feridos que ali deram entrada já tiveram alta.

O acidente provocou ainda a morte de uma mulher, com cerca de 70 anos.

O autocarro despistou-se pelas 15:22 na Avenida Engenheiro Duarte Pacheco, em Matosinhos, e embateu na paragem da estação de metro, num autocarro e num automóvel.

"As causas do acidente ainda são desconhecidas, mas foi chamado ao local o Núcleo de Investigação da PSP", indicou, quinta-feira à Lusa, Susana Gonçalves, comandante operacional e chefe de Divisão da Proteção Civil da Câmara de Matosinhos.

A responsável acrescentou que "um autocarro da Resende despistou-se e embateu numa paragem de autocarro situada entre a doca de Matosinhos e o mercado municipal", provocando a morte a uma mulher de cerca de 70 anos, ferimentos graves noutra mulher da mesma idade e ferimentos ligeiros em três pessoas.

Lusa

  • Acidente em Matosinhos envolveu três autocarros
    0:40

    País

    O despiste de um autocarro em Matosinhos fez esta quinta-feira um morto e quatro feridos, três ligeiros e um grave. De acordo com a Proteção Civil, à exceção dos motoristas, todas as vítimas estavam na paragem do autocarro. Susana Gonçalves explicou à SIC, que o acidente envolveu três autocarros.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN, liderado por Luis Ribeiro, deu início à leitura do acórdão pelas 10:30, com quatro arguidos ausentes do tribunal, entre os quais Oliveira Costa. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.