sicnot

Perfil

País

Taxistas em protesto terão de deixar carros na Avenida 24 de Julho

A PSP informou esta sexta-feira que os taxistas que participarem no protesto de segunda-feira em Lisboa terão de estacionar os carros na Avenida 24 de Julho, subindo a pé a Avenida D. Carlos I até ao parlamento, com apoio da polícia.

A necessidade da subida da avenida (para onde os taxistas anunciaram levar as viaturas) foi apontada à Lusa pelo comissário Sérgio Soares, do Comando Metropolitano de Lisboa.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) recusou hoje as acusações de que as alterações propostas aos taxistas pretendam condicionar a manifestação marcada para segunda-feira, contra aplicações móveis de transporte de passageiros.

Os representantes do setor do táxi acusaram a polícia de querer "partir a manifestação" ao impor condições relativamente aos taxistas que vêm do norte e do sul do país.

Segundo o comissário Sérgio Soares, as alterações propostas aos taxistas pretendem apenas facilitar a chegada de viaturas ao local do protesto, que parte do Parque das Nações, em Lisboa, e termina em frente à Assembleia da República.

Os taxistas pretendem que os veículos provenientes do norte se desloquem até à Rotunda do Relógio, em Lisboa, para depois se juntarem aos colegas no Parque das Nações, mas a polícia "quer desviá-los em Santa Iria da Azóia [no vizinho concelho de Loures] para o IC2 [itinerário complementar]", referiu o presidente da Associação Nacional dos Transportadores em Automóveis Ligeiros (ANTRAL), Florêncio Almeida.

Em relação às viaturas oriundas do sul, acrescentou, as associações definiram uma saída conjunta, com batedores, mas a PSP quer antes que se desloquem em "pequenos grupos de 10 ou 15 viaturas".

A esse respeito, a PSP explicou que os condicionamentos são justificados com questões de segurança na Ponte 25 de Abril.

"Faremos algumas limitações à passagem, uma vez que se trata de uma infraestrutura sensível [ponte], mas assim que os mesmos estiverem na zona norte da ponte iremos concentrá-los e faremo-los chegar junto dos restantes taxistas", explicou.

Face aos constrangimentos no trânsito que se irão verificar em Lisboa devido à manifestação dos taxistas o responsável da PSP aconselhou que todos os que se dirigirem à capital na segunda-feira o façam recorrendo a transportes públicos.

O protesto nacional inicia-se às 07:00 com uma concentração no Parque das Nações, seguindo depois, pelas 08:30, com as viaturas em desfile até à Assembleia da República.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.