sicnot

Perfil

País

Uma camisola pelos cuidados paliativos

A Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos vai desafiar os portugueses a vestirem "a camisola pelos cuidados paliativos", no âmbito da campanha "Qualidade e dignidade até ao fim", que começa sábado com largadas de balões em Lisboa e no Porto.

Divulgada no Dia Mundial dos Cuidados paliativos, a campanha pretende informar doentes, a população e, sobretudo, os profissionais de saúde e a classe política de que "os cuidados paliativos são um direito humano básico para todas as pessoas portadores de doenças crónicas e limitantes".

Em declarações à agência Lusa, o presidente da APCP, Manuel Luís Capelas, disse que a campanha surgiu da necessidade de "continuar a alertar para a importância dos cuidados paliativos" num país onde cerca de 89 mil doentes necessitam, por ano, destes cuidados e onde cerca de metade dos doentes referenciados acabam por morrer sem aceder a eles.

Durante a campanha, os portugueses vão ser desafiados a vestir uma camisola que tem como objetivo "chamar a atenção" para "dois aspetos fundamentais" nos cuidados paliativos: "A qualidade de vida e a dignidade de vida destas pessoas".

Já o lançamento dos balões é "uma homenagem simbólica e singela" a "todas as pessoas que já partiram ou que estão em cuidados paliativos e a todos os profissionais e familiares que têm ajudado estes doentes a caminhar com qualidade e com dignidade este período da sua vida", explicou Manuel Capelas.

Dados da APCP referem que existe apenas uma equipa de cuidados paliativos domiciliários por 590 mil habitantes, quando as recomendações internacionais apontam para a uma por 100 mil habitantes, que 64% dos doentes paliativos morrem nas camas hospitalares sem acesso a cuidados domiciliares e que há 6.000 crianças a necessitar destes cuidados.

Para Manuel Capelas, a falta de conhecimento e informação por parte da população, e acima de tudo, por parte dos profissionais de saúde continua a ser o principal entrave ao desenvolvimento destes cuidados em Portugal.

Apesar de reconhecer que já foram dados "alguns passos", considerou que "há muito caminho a percorrer" para garantir que todos os que necessitam tenham acesso a estes cuidados.

Neste momento, está em discussão pública o plano estratégico para o biénio 2017-2018, vamos ver se "responde àquilo que serão os anseios e depois, que é o mais importante", como será operacionalizado.

Este documento não contempla, contudo, os cuidados paliativos pediátricos, "que não temos de todo e que deveremos pensar que respostas especializadas vamos dar a estas crianças que também necessitam".

"É preciso encontrar rapidamente respostas adequadas, cientificamente corretas", para que estas crianças "vivam com qualidade, dignidade até ao último momento das suas vidas", defendeu Capelas.

Sobre o que é mais urgente fazer nesta área, o responsável disse que é necessário pensar-se de "uma forma mais abrangente": "Se calhar temos de ter uma visão para lá do nosso umbigo e pensarmos mais nos interesses dos doentes do que em interesses corporativistas, sejam de que ordem for e por parte de quem for".

Para Manuel Capelas, é preciso apostar-se na formação de equipas domiciliárias, numa "formação básica de todos os profissionais de saúde" e encontrar estruturas não domiciliárias que garantam, com a proximidade necessária, uma resposta adequada às necessidades.

Lusa

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.