sicnot

Perfil

País

Cristas defende solução equilibrada na regulação das plataformas de transportes

A líder do CDS-PP defendeu esta segunda-feira "uma solução rápida e equilibrada" na regulação da atividade das plataformas de transportes como a Uber e a Cabify, lamentando as situações de violência que ocorreram na manifestação dos taxistas.

"Neste momento o que gostaria era uma solução rápida, equilibrada e que permitisse a todos trabalhar com tranquilidade, servir as populações, servir os utentes, permitir que as pessoas escolhessem das propostas que há no mercado aquelas que mais lhe convêm, obviamente dentro de um quadro de lealdade nas relações comerciais, de transparência e de concorrência", afirmou a presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, em declarações aos jornalistas, no final da cerimónia de inauguração da nova sede da UGT, em Lisboa.

Lamentando que o exercício de um direito como o de manifestação tenha "descambado" esta manhã em situações de violência, Assunção Cristas fez votos para que tal não se repita porque não é admissível.

"É possível haver manifestação e direito à greve com serenidade, fazendo valer os pontos de vista com tranquilidade", sublinhou.

Assunção Cristas reiterou ainda que o CDS-PP sempre tem defendido soluções de regulamentação e de regulação que permitam "a coexistência quer destas soluções mais inovadoras, quer das soluções que nós já conhecemos desde sempre e que desempenham o seu importante papel".

"Neste momento o que é importante é que o Governo seja capaz de encontrar essa solução", vincou, prometendo acompanhar o desfecho dessa "matéria crítica".

Centenas de taxistas estão desde a manhã de hoje em protesto junto ao aeroporto de Lisboa, bloqueando o trânsito até à rotunda do Relógio, quase seis meses depois de terem feito um protesto idêntico contra a plataforma Uber.

Os profissionais estão em luta contra a regulação, proposta pelo Governo, da atividade das plataformas de transportes de passageiros como a Uber ou a Cabify e tinham como destino a Assembleia da República.

As plataformas Uber e Cabify permitem pedir carros descaracterizados de transporte de passageiros através de uma aplicação para 'smartphones', mas estes operadores não têm de cumprir os mesmos requisitos - financeiros, de formação e de segurança - do que os táxis.

Lusa

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.