sicnot

Perfil

País

Metro de Lisboa reforçou serviço face à maior afluência de passageiros

© Rafael Marchante / Reuters

O Metro de Lisboa registou na manhã de hoje "um aumento da procura", devido à manifestação dos taxistas, disse à agência Lusa fonte da empresa, acrescentando que houve um reforço do serviço prestado aos utentes.

Já o serviço de autocarros da Carris verificou perturbações "nos troços e carreiras que passam pela zona em que a manifestação se encontra parada", junto ao aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

De acordo com fonte da Carris, o transporte em autocarros está a ser "efetuado com normalidade" nas restantes zonas da cidade de Lisboa.

Em relação ao Metro, fonte desta empresa, "conforme se esperava, tem existido um aumento da procura".

Neste sentido, o Metro foi reforçado ao nível de serviço e de apoio nas estações, o que "tem permitido fazer face a este aumento de procura".

Segundo a empresa, o serviço do Metro está a funcionar "fluidamente e com regularidade".

Os taxistas portugueses agendaram para hoje uma marcha lenta em Lisboa, quase seis meses depois de terem feito um protesto idêntico contra a plataforma Uber que juntou centenas de carros na capital.

A manifestação de hoje decorre contra a regulação, proposta pelo Governo, da atividade das plataformas de transportes de passageiros como a Uber ou a Cabify.

As plataformas Uber e Cabify permitem pedir carros descaracterizados de transporte de passageiros através de uma aplicação para 'smartphones', mas estes operadores não têm de cumprir os mesmos requisitos -- financeiros, de formação e de segurança -- do que os táxis.

A marcha saiu do Parque das Nações e tem como destino a Assembleia da República.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".