sicnot

Perfil

País

PSP negoceia com os taxistas para pôr fim ao bloqueio

PSP negoceia com os taxistas para pôr fim ao bloqueio

Os taxistas estão desde esta manhã em protesto contra empresas como a Uber e a Cabify, na zona do aeroporto de Lisboa. A PSP garante que está a privilegiar a via do diálogo, mas admite utilizar viaturas de reboque para dispersar os táxis. A Polícia de Segurança Pública diz ainda que a situação passou de uma manifestação para um bloqueio.

  • Motorista da viatura da Uber vandalizada conta como escapou à fúria dos taxistas
    2:15

    País

    Durante o avanço dos taxistas até à zona das partidas do Aeroporto Humberto Delgado, uma viatura da Uber foi vandalizada. Os manifestantes atiraram pedras e garrafas contra o veículo e a polícia foi obrigada a proteger o carro e a conduzi-lo para trás do cordão de segurança do corpo especial da PSP. O motorista da Uber, que não quis ser identificado, falou à SIC pouco depois do incidente e conta como conseguiu fugir à fúria dos taxistas.

  • "Nós não vamos sair daqui"

    País

    Centenas de taxistas mantêm-se concentrados, bloqueando o acesso ao Aeroporto de Lisboa desde o final da manhã. Terminou sem acordo a reunião entre representantes do setor do táxi e o ministro do Ambiente. Acompanhe em direto a emissão da SIC Notícias.

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19