sicnot

Perfil

País

Mais de um terço dos portugueses sem rendimentos para cobrir necessidades

Mais de um terço dos portugueses não tem rendimento suficiente para satisfazer as necessidades e 16% recorre ao crédito para as cobrir, segundo um inquérito da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) divulgado esta terça-feira.

No inquérito da OCDE sobre literacia financeira divulgado hoje, 35% dos portugueses responderam que nem sempre têm dinheiro para cobrir as suas necessidades e 16% admitiram que já recorreram ao crédito para as satisfazer.

Assim, Portugal fica acima da média dos países da OCDE, em que 27% dos inquiridos admitem não ter rendimentos suficientes para satisfazer as necessidades básicas e 14% recorreram ao crédito para as cobrir.

Portugal fica também acima da média, mas apenas ligeiramente, do conjunto dos 30 países que responderam ao inquérito, em que 34% dos inquiridos responderam não ter rendimento para cobrir as suas necessidades e 20% admitiram recorrer ao crédito.

Este é um dos pontos onde Portugal se destaca pela negativa, mas na avaliação geral de literacia financeira o país fica ligeiramente acima da média geral e da OCDE, embora os níveis gerais sejam "bastante baixos", considera a instituição.

Num total de 21 pontos, em áreas que combinam conhecimento, atitudes e comportamentos, a média do conjunto dos 30 países que responderam ao inquérito é de 13,2 pontos, enquanto a dos países da OCDE é de 13,7 pontos.

Portugal fica acima da média, com 14 pontos, mas, ainda assim, a OCDE considera que "há uma margem significativa para melhoria" em todos os países.

Para a OCDE, os níveis de literacia financeira "são mais baixos do que o esperado por um conjunto variado de razões - nuns casos [a falta de] conhecimento é um problema, noutros os comportamentos são particularmente problemáticos".

Além disso, "há grandes variações nos níveis de conhecimento financeiro entre os países". Cerca de 60% dos inquiridos portugueses tiveram uma pontuação mínima de cinco (em sete) em questões sobre conhecimento financeiro, uma classificação que está acima da média dos 30 países inquiridos (56%) e abaixo da média dos países da OCDE (62%).

A OCDE também concluiu que o conhecimento financeiro varia por género: em 18 das 30 economias que participaram no inquérito, os homens têm pontuações mais elevadas do que as mulheres.

Em Portugal, 67% dos homens inquiridos e 54% das mulheres têm uma pontuação de pelo menos cinco (em sete) nas questões sobre conhecimento financeiro.

Em 15 países e economias, menos do que metade dos adultos definem objetivos financeiros de longo prazo e tentam alcançá-los, um "comportamento que é essencial para a segurança e bem-estar financeiros de longo prazo", defende a OCDE. Pelo contrário, em Portugal, por exemplo, mais de seis em 10 inquiridos tem tendência em favorecer o longo prazo.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.