sicnot

Perfil

País

O tempo para hoje

O tempo para hoje

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para hoje nas regiões do norte e centro do continente céu geralmente muito nublado, apresentando-se pouco nublado nas regiões do interior até final da tarde, e períodos de chuva a partir do início da tarde no Minho, estendendo-se gradualmente às restantes regiões.

A previsão aponta ainda para vento fraco, tornando-se gradualmente de sudoeste moderado partir do meio da manhã, e forte com rajadas até 70 quilómetros por hora nas terras altas a partir da tarde, neblina ou nevoeiro matinal e descida da temperatura máxima nas regiões do interior.

No sul prevê-se céu pouco nublado, apresentando-se geralmente muito nublado e com neblina ou nevoeiro até final da manhã, nebulosidade que poderá persistir ao longo do dia em alguns locais da faixa costeira ocidental.

A partir do final da tarde prevê-se um aumento de nebulosidade com ocorrência de períodos de chuva.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante oeste, tornando-se moderado a partir da tarde e forte com rajadas até 70 quilómetros por hora nas terras altas e pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se muito nublado para o final do dia com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca e vento fraco a moderado do quadrante oeste.

Para os Açores a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com abertas, aguaceiros geralmente fracos e vento norte moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 13 e 22 graus Celsius, no Porto entre 13 e 19, em vila Real entre 08 e 20, em Viseu entre 08 e 19, em Bragança entre 07 e 21, na Guarda entre 09 e 20, em Coimbra entre 13 e 20, em Castelo Branco entre 08 e 22, em Santarém entre 12 e 26, em Évora entre 10 e 23, em Beja entre 11 e 23, em Faro entre 13 e 23, no Funchal entre 20 e 26, em Ponta Delgada entre 17 e 22, na Horta entre 17 e 23 e em Santa Cruz das Flores entre 16 e 20.

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07