sicnot

Perfil

País

Penas entre 5 e 10 anos de prisão para assaltantes de carrinhas dos CTT

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou esta terça-feira cinco homens a penas entre os cinco anos de prisão, suspensa na sua execução, e 10 anos por assaltar carrinhas dos CTT e ameaçar os funcionários com armas de fogo.

Um dos cinco arguidos, que durante dez anos foi funcionário dos CTT, foi condenado a 10 anos de prisão, outros dois -- que estavam em prisão preventiva -- a nove anos e os restantes a cinco anos, mas de pena suspensa.

Os assaltos, consumados entre 2012 e 2015, renderam mais de 700 mil euros e aconteceram em Gondomar, Entre-os-Rios, Penafiel, Santa Maria da Feira, Paredes, Vila Nova de Gaia, Marco de Canaveses, Felgueiras, Oliveira de Azeméis, Coruche, Abrantes, Castelo de Vide, Albergaria-a-Velha, Valença, Lamego e Ovar.

Os assaltantes criaram grupos entre si que, depois, escolhiam as carrinhas dos CTT a roubar, obrigando os funcionários a entregar-lhes o dinheiro, ameaçando-os com armas de fogo.

Posteriormente, colocavam-se em fuga em motociclos potentes.

O ex-funcionário dos CTT conhecia o modo de funcionamento quanto ao transporte de valores, rotinas e percursos.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.